PUBLICIDADE

TOP 10 do Resenhista: THRASH METAL AMERICANO

TOP 10 do Resenhista: THRASH METAL AMERICANO (por Cristiano Ruiz)

   

Esse quadro foi criado para que nossos resenhistas, baseados em suas visões subjetivas, publiquem seus ranks TOP 10 de bandas, subgêneros ou de qualquer outro tema pertinente, argumentando e justificando suas escolhas.

Atenção, novamente, a análise é subjetiva e pessoal, portanto não existe nenhuma tentativa de atingir a verdade absoluta.

O assunto de hoje, do primeiro TOP do Resenhista, é THRASH METAL AMERICANO:

10) Testament – “Dark Roots Of Earth” (2012):

Acredito que nem na cabeça dos integrantes do Testament era imaginado um resultado tão excelente quanto o de seu décimo full lenght. Esse disco tem as poderosas: “Rise Up”, “Native Blood”, “Dark Roots Of Earth”, “True American Hate” e “Throne Of Thorns”, porém não é possível descartar alguma das outras.

Esse álbum é, inegavelmente, a pura perfeição quando o assunto é Thrash Metal.

9) Overkill – Taking Over (1987)

Embora o debut, “Feel The Fire”, tenha sido o meu primeiro contato com o Overkill, o meu favorito, sem dúvida alguma, é o “Taking Over”. “Deny The Cross”, “Use Your Head”, “In Union We Stand”, “Eletric Violence” assim como “Overkill II (The Nightmare Continues)” são para lá de perfeitas e as outras são boas também.

8) Anthrax – Among The Living (1987)

O caso do “Among The Living” e parecido com o do “In Search Of Sanity”, mas guardadas as devidas proporções. Aquele toque diferenciado da sonoridade do Anthrax, o track list de canções pegajosas e sensacionais, a voz Heavy Metal de Joey Belladonna e a produção de Eddie Kramer fizeram toda a diferença para mim.

7) Metallica – Masters Of Puppets (1986)

Estava eu um dia na casa de uma amigo, Selmer, quando ele me mostrou “Master Of Puppets”, terceiro full lenght do Metallica. Primeiro, eu fiquei boquiaberto com a faixa título e, posteriormente, com o restante das canções. Ou seja, nesse dia, eu entendi toda a importância do quarteto para o subgênero.

6) Exodus – Bonded By Blood (1985)

Uma conhecido de Lençois Paulista/SP, cidade que fica perto de Bauru, me mostrou “Bonded By Blood”, debut do Exodus. De cara, já achei aqueles riffs sensacionais e com mais audições e assimilação tudo foi ficando mágico. A letra de “Metal Command” simplesmente me arrepia.

5) Slayer – Hell Awaits (1985)

Na casa de um amigo, que atualmente mora em São Paulo/SP, conheci a trinca mais violenta do Thrash Metal, “Hell Awaitz”, “Kill Again” e “At Dawn They Sleep”, depois disso, o lado B veio de brinde para celebrar esse petardo maravilhoso.

4) Testament – The New Order (1988)

   

Um dia em casa, meu irmão me apresentou “Souls Of Black”, quarto álbum do Testament, lançado em 1990. Lembro que me impressionei com as músicas “The Legacy” e “Seven Days Of May”, porém o Testament só se tornou uma das minhas bandas favoritas quando conheci seu segundo disco, “The New Order”, um sinônimo de perfeição, uma aula de Thrash Metal. Amo todas as faixas.

3) Megadeth – Peace Sells… But Who’s Buying (1986)

Lembro que fiquei de queixo caído a primeira vez que ouvi a introdução de baixo da faixa que intitula o segundo full lenght do Megadeth. Com a audição completa, todas me deixaram com a mesma sensação, é como se uma banda de Jazz estivesse tocando Thrash Metal. Impossível não idolatrar esse registro.

2) Slayer – South Of Heaven (1988)

Slayer simplesmente é perfeito do “Show No Mercy” até o “Divine Intervention”, mas, “South Of Heaven”, embora não tenha produzido tantas canções clássicas como o “Reign In Blood”, por exemplo, é excelente do primeiro ao último acorde. O quarteto resolveu inovar a sua sonoridade e o resultado não poderia ter ficado melhor.

CAMPEÃO: Megadeth – Rust In Peace (1990)

Esse disco me fez pirar desde o meu primeiro contato com ele, pois, imagine a veia erudita de Marty Friedman, misturada aos riffs de Mr. Mustaine, as viradas excepcionais de Nick Menza e ao baixo técnico e criativo de David Ellefson.

Portanto, esse DREAM TEAM do Thrash Metal gravou o maior, e para mim, melhor, disco do subgênero. Em suma, não há uma única faixa que não mereça ser ouvida repetidas vezes. “Rust In Peace” é o meu campeão quando o assunto é Thrash.

E você. Qual é o seu TOP 10 de Thrash Metal Americano? Deixe nos comentários:

Redigido por: Cristiano “Big Head” Ruiz

.

PUBLICIDADE

Comentários

  1. A maioria dessa lista ainda segue o estilo em si, fato que Metallica só é lembrado os discos antigos…nem precisa dizer o porquê!!!! Se fosse comparar discos atuais dessas bandas duvidaria que metallica estivesse nessa lista, já que também a maioria dessas bandas ainda segue o bom e velho novo Thrash Metal!!!! Lista boa, dukralho…destaco Testament, Slayer e Megadeth que tanto gosto!!!! Valeu!!!!

  2. Meu Top 10
    1. Metallica – Ride the Lightning
    2. Slayer – Reign in Blood
    3. Exodus – Bonded My Blood
    4. Kreator – Pleasure to Kill
    5. Nuclear Assault – Handle With Care
    6. Megadeth – Rust in Peace
    7. Destruction – Infernal Overkill
    8. Testament – The New Order
    9. Sepultura – Beneath the Remains
    10. Overkill. The Years of Decay

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -