PUBLICIDADE

Opinião/Homenagem: Dan McCafferty, mais um estrela que se apaga

O vocalista William “Dan” McCafferty, que carinhosamente era conhecido como Dan McCafferty, nasceu em Dunfermline, na Escócia, em 14 de outubro de 1946, tendo completado 76 anos no mês passado. Ele atuou na banda de Hard Rock NAZARETH de 1968 a 2013, quando se afastou por seu estado de saúde complicado.

DETROIT, MI – MARCH 6: Scottish vocalist Dan McCafferty, of the Scottish hard rock band Nazareth, sings on stage during their 1981 The Fool Circle Tour on March 6, 1981 at the Cobo Arena in Detroit, Michigan. (Photo by Ross Marino/Getty Images)

Um dos maiores drives de todos os tempos se calou na data de hoje, 8/11/2022. A causa da morte não foi revelada, mas pode ter alguma relação com a doença pulmonar que ele já enfrentava há alguns anos. Lembro quando eu estava no carro de um amigo, no final da década de 80 e ouvi Nazareth pela primeira vez através do live-album SNAZ. Fiquei impressionado com a banda, porém muito mais com a poderosíssima voz de Mccafferty.Holiday”, “Hair Of The Dog”, “Razamanaz”, “Telegram”, “Big Boy”, “This Flight Tonight”, “Every Young Man’s Dream”, “Love Hurts” e todas aquelas canções clássicas me conquistaram em pouco tempo e têm lugar cativo em minha alma.

   

Depois conheci outros álbuns, “Hair Of The Dog”, “Razamanaz”, “2XS”, “Ballads” até ouvir todos. Tive a sorte e a honra de assistir Dan MacCafferty, já idoso e doente, dando um show de interpretação em Curitiba, em 2011, e pude vivenciar todas aquelas canções ao vivo e em cores. Foi um momento único e inesquecível. Dois anos após esse concerto, Dan deixou o Nazareth para tratar de sua saúde.

DAN MCCAFFERTY / Nazareth / Reprodução / Facebook

Já ouvi dizer que Axl Roses escolheu seu definitivo timbre de voz, influenciado em Dan. Nunca consegui confirmar essa afirmação, porém o seu cover de “Hair Of The Dog” é bem fiel à gravação original e em alguns momentos, nessa e outros músicas, realmente os timbres tem semelhança.

DAN MCCAFFERTY / Nazareth / Divulgação

Lamentavelmente, mais um herói se foi, mais um estrela se apagou, porém estará para sempre brilhando no coração de todos aqueles que vivenciaram o seu legado musical e sua voz magistral.

Sim, o mundo perdeu o maior drive de todos os tempos!

Redigido por: Cristiano “Big Head” Ruiz

CONFIRA AS RESENHAS DOS CLÁSSICOS “RAZAMANAZ” (1973) e “HAIR OF THE DOG” (1975):

PUBLICIDADE

Comentários

  1. Voz forte ,rasgada, com seu timbre único. Perdemos um artista ,vocalista. Nazareth é uma banda que deve ser considerada uma das super bandas, mas infelizmente fica esquecida. Descanse em paz Dan.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Veja também

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PARCEIROspot_img

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
221SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações