Opinião: Uma máquina de triturar chamada Mike Heller

PUBLICIDADE

Mike Heller nasceu na cidade do Brooklyn/NY, no dia 17 de janeiro de 1982. Ele é (foi) baterista de várias bandas e projetos: Malignancy, System Divide, Zen From Mars, World Under Blood, We Of Worms, Control/Resist, porém ele se destaca mais em duas, Raven e Fear Factory.

Ele já chamou a atenção quando o Fear Factory lançou “Genexus” em 2015. Em 2019, gravou um live-album com o Raven, “Screaming Murder Death From Above: Live In Aalborg”. No último dia 18 de junho, saiu seu segundo trabalho com o Fear Factory, “Aggression Continuum”, no qual ele também mandou bem demais, porém, foi no “Metal City”, lançado em 2020, primeiro disco de estúdio dele com o Raven, décimo e quarto da banda, é que ele impressionou de forma extrema.

Crédito: Photo by página do facebook

Sua capacidade técnica é absurda e a energia que ele coloca em sua performance é algo que beira o sobrenatural. Com tanto ótimos lançamentos de Heavy Metal no ano passado, eu elegi “Metal City” o meu favorito, justamente, pela bateria de Heller ter sido o diferencial que me ajudou minha escolha. Claro que os irmãos Mark Gallagher e John Gallagher também foram muitíssimo bem no registro, como sempre, aliás.

Ele, concomitantemente, espanca seu kit e o trata com carinho de uma forma que nós, amantes do Metal bem executado, não temos como não amar.

Heller merece muito mais destaque. Espero, de coração, que ele consiga. Até lá, que tal curtirmos um pouco de seu ritmo sensacional, clicando nos links abaixo?

Redigido por: Cristiano “Big Head” Ruiz

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE
PARCEIROspot_img

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,663SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
151SeguidoresSeguir
960InscritosInscrever

Últimas Publicações