PUBLICIDADE

GARIMPO MUNDO METAL: UNTIMELY DEMISE

Lá em 2012, quando o Mundo Metal foi criado, a maior diversão dos administradores era passar horas ouvindo discos de bandas novas, pouco conhecidas e pouco divulgadas. A tentativa era sempre encontrar aquele álbum sensacional que a maioria dos meios de comunicação especializados não dariam atenção. Era um trabalho de garimpo em busca dos discos que mereciam ser ouvidos por mais pessoas.

Quase dez anos depois, em pleno ano 2022, nada mudou, nós continuamos ouvindo centenas de lançamentos por ano para trazer aos ouvintes aqueles trabalhos que serão esquecidos por 95% dos headbangers.

   

Este quadro foi criado para você que não se contenta com o óbvio. Foi feito para todos aqueles que, apesar de amar os medalhões, sabem que são as bandas menores que precisam mais da sua atenção. E quer algo melhor do que começar as suas garimpagens à partir das nossas garimpagens?

Seja bem vindo ao GARIMPO MUNDO METAL.

A partir de hoje, suas audições vão ficar muito mais interessantes. Nós garantimos.

Mundo Metal apresenta: Untimely Demise

Photo:  Erin Lindsay Cuthbertson

Não é novidade para ninguém que o início dos anos 2000 marcaram o renascimento do Thrash Metal.

Além de algumas bandas pioneiras do estilo voltarem a investir com força no mesmo após um período de estiagem (casos de Kreator, Destruction, Testament, Exodus e outros), uma nova geração de bandas começou a surgir e rejuvenscer os moshpits ao redor do mundo.

Em 2007, em meio a todo este movimento de reencontro do Thrash com suas velhas e novas raízes, nascia no Canadá o Untimely Demise. Após um EP denominado “Full Speed Metal”, lançado em 2009, a banda debutou na cena mundial com seu seu primeiro full lenght: “City Of Steel”. Capitaneados desde sempre por Matt Cuthbertson (vocal e guitarras) e Murray Cuthbertson (baixo), os canadenses mudaram um integrante aqui e outro ali com o passar dos anos, mas uma coisa muito importante não mudou desde o começo: a perspectiva musical.

Reprodução/Facebook

Com a chegada dos álbuns “Systematic Eradication” (2013), “Black Widow” (2016) e “No Promise of Tomorrow” (2018), o quarteto foi lapidando seu Thrash não linear e cheio de camadas como se soubessem que a fórmula perfeita poderia ser alcançada com um pouco de persistência. Com uma técnica apurada e um espírito aventureiro na hora de compor, os canadenses te fazem viajar por estradas além da imaginação. A audição dos discos é quase como abrir uma caixa de Pandora em cada música e esta é, sem dúvida, a melhor qualidade da banda.

Algo muito bacana é manter a marca registrada de Ed Repka nas capas. O artista americano famoso por ter concebido as artes de diversas bandas de Thrash lendárias (Megadeth, Toxik, Vio-Lence, Whiplash, Death e outras) é também o cara que assina todas as capas do Untimely Demise até o momento.

Sem soar alto indulgentes, mas com instrumental preciso e acima da média, o Untimely Demise nos deu mais uma prova da sua evolução com o lançamento do novíssimo “Maverick”, de 2022. Aqui, parecem ter encontrado a medida certa entre a porradaria esperada para um registro de Thrash e a piração criativa sem limites dos integrantes. Hoje, além de Matt e Murray Cuthbertson, a banda conta também com o guitarrista Justin Bender e o baterista Bryan Newbury.

   

Dá para afirmar que esta é sem dúvida a melhor encarnação do grupo. “Maverick” entra certamente naquela restrita ala de discos verdadeiramente surpreendentes do ano. Músicas como “Orchestration of Misinformation”, “Melodies Inside”, “Tomorrow’s Mirror”, a maravilhosa faixa título e a instrumental “Neptune”, soam como verdadeiros oásis no deserto da mesmice.

É muito recompensador após todos estes anos, ainda ser surpreendido por bandas relativamente novas que conseguem usar todos os melhores clichês de um estilo tão saturado como o Thrash Metal e, mesmo assim, criar música com muita identidade. O som do Untimely Demise é absolutamente autoral, não soa como um mero clone e ainda por cima te deixa na expectativa do que esses caras podem aprontar no futuro.

Ouça sem moderação!

Reprodução/Facebook

Garimpeiro da vez: Fabio Reis

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
236SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -