PUBLICIDADE

Música & Letra: Primal Fear – “Cancel Culture”

  • Canção: Cancel Culture
  • Álbum: Code Red
  • Ano: 2023
  • Gravadora: Atomic Fire Records
  • Banda: Primal Fear
  • Subgênero: Speed/Power Metal
  • Localidade: Esslingen – Alemanha
  • Idioma: Inglês

Integrantes:

   
  • Mat Sinner (baixo, vocal)
  • Tom Naumann (guitarra)
  • Ralf Scheepers (vocal)
  • Magnus Karlsson (guitarra)
  • Alex Beyrodt (guitarra)
  • Michael Ehré (bateria)
Música & Letra: Primal Fear – “Cancel Culture”

Sobre a música:

“Cancel Culture” é a faixa número quatro do décimo quarto full lenght da carreira da banda alemã de Speed/Power Metal, Primal Fear, a qual nasceu, assim como seu debut homônimo, no ano de 1997, na cidade de Esslingen, Baden-Württemberg.

Sobre a letra:

A letra se refere, sobretudo, a criminosa “cultura do cancelamento”, a qual tem feito várias vítimas nos últimos anos, sendo que a grande maioria delas é inocente. Aqui no Mundo Metal, inclusive, sempre fomos, abertamente, críticos ferozes dessa prática desde que ela virou moda e jamais deixamos de nos pronunciar veementemente contra.

“Para o circo da vida fomos empurrados do nada / Crescendo, amadurecendo, amando e odiando o jogo / Sele o cavalo (prepare-se) para um futuro que é basicamente desconhecido / Nós procriamos, vicamos, distorcendo os fatos sem vergonha alguma / Manipulando / Só há preto e branco (oito ou oitenta), nada no meio é aceito / Todo mundo está certo, não há chance para tolerância.”

Primal Fear / Divulgação / Facebook

Esse trecho inicial, decerto, já se aprofunda na causa primordial dessa questão, ou seja, refere-se aos meios de comunicação de massa como um todo. Enquanto o trecho a seguir menciona algo muito grave que também já reportamos várias vezes, a abominável cultura do cancelamento acusa, julga e condena sem dar oportunidades de defesa a suas vítimas e, muitas vezes, destroem completamente a reputação e a vida dessas pessoas por completo.

“É a maldição de uma cultura de cancelamento / É a queda da democracia / Quando a caça às bruxas começou / E nos reunimos ao redor da pira funerária / É a maldição de uma cultura de cancelamento / Não há como uma defesa adequada / Nas ruas é cachorro que come cachorro / Crucificando e banindo / (pela) cultura do cancelamento / Bullying, zombaria e ódio e o que dizer do ismo / Usando nossos consoles e teclados como armas na guerra / Parece que a web se tornou um lugar para liberar a raiva /
Para pessoas que não têm vida, precisam atacar (as outras)…”

Concluindo, pessoas que perderam a sua própria auto-estima, atreladas a ídolos e ideologias nefastas, aos mesmo tempo que cancelam e condenam os opositores de suas ideias, vivem uma vida vazia e sem conhecimento do real valor das relações humanas e, ao contrário disso, totalmente em equívoco, pensam que estão a pregar e fazer valer o evangelho da mais pura empatia.

“A cultura do cancelamento / Falando sobre você / Escrevendo sobre você / 24 horas por dia / O ciúme está se transformando em ódio / E o ódio está se transformando em frustração”

Agora, enfim, basta ouvir “Cancel Culture”, refletir e enxergar que esse não é o mundo que queremos para nós e muito menos para os nossos filhos.

“Cancel Culture”

“Into the circus of life we were pushed out of nowhere
Growing, maturing and loving and hating the game
Saddle the horse for a future that’s basically unknown
We procreate, viciate, twisting the facts without shame
Manipulating

There’s only black and white nothing inbetween’s accepted
Everyone is right, not a chance for tolerance

It’s the curse of a cancel culture
It’s the fall of democracy
When the witch-hunt has begun
And we gather around the funeral pyre
It’s the curse of a cancel culture
No way for adequate defense
On the streets it’s dog eats dog
Crucified and banned
The cancel culture

Bullying, mocking and hating and what aboutism
Using our consoles and keyboards like weappons in war
It seems like the web has become a place to release anger
For people who don’t have a life need to upfront
Wishful sensation

There’s only black and white nothing inbetween’s accepted
Everyone is right, not a chance for tolerance

It’s the curse of a cancel culture
It’s the fall of democracy
When the witch-hunt has begun
And we gather around the funeral pyre
It’s the curse of a cancel culture
No way for adequate defense
On the streets it’s dog eats dog
Crucified and banned

The cancel culture
Talking about you
Writing about you
Around the clock
Jealousy is turning to hatred
And hatred is turning to frust”

Redigido por: Cristiano “Big Head” Ruiz

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -