PUBLICIDADE

Slayer: 36 anos de – “South Of Heaven”

Nesta data, 5 de julho de 1988, ou seja, há exatos 36 anos, a banda americana de Thrash Metal, Slayer, lançava seu quarto full lenght, “South Of Heaven”, pelo selo Def Jam.

   

Assim como o antecessor, “Reign in Blood”, o registro foi produzido por Rick Rubin.

A sonoridade é bem diferente de “Reign In Blood” e embora os fãs demoraram um pouco para digerir o disco, ele acabou caindo nas graças dos mesmos.

Ainda que Araya cante menos acelerado que no registro anterior, o peso do instrumental segue infernal do primeiro ao derradeiro acorde de “South of Heaven”.

A fim de comemorar os 36 anos do quarto full lenght do Slayer, clique no link abaixo e ouça o registro na íntegra:


Integrantes:

  • Tom Araya (vocal e baixo)
  • Kerry King (guitarra)
  • Jeff Hanneman (guitarra) (R.I.P)
  • Dave Lombardo (bateria)

Faixas:

  1. “South Of Heaven”
  2. “Silent Scream”
  3. “Live Undead”
  4. “Behind The Crooked Cross”
  5. “Mandatory Suicide”
  6. “Ghosts Of War”
  7. “Read Between The Lies”
  8. “Cleanse The Soul”
  9. “Dissident Aggressor” (Judas Priest cover)
  10. “Spill The Blood”

Em seguida, também em comemoração a data de hoje, confira a resenha escrita por Cristano “Big Head” Ruiz, contando sua experiência pessoal com o álbum que é o aniversariante de hoje.

“South Of Heaven”

“An unforseen future nestled somewhere in time.
Unsuspecting victims no warnings, no signs.
Judgment day the second coming arrives.
Before you see the light you must die.

Forgotten children, conform a new faith,
Avidity and lust controlled by hate.
(The) Never ending search for your shattered sanity,
Souls of Damnation in their own reality.

Chaos rampant,
An age of distrust.
Confrontations.
Impulsive habitat.

Bastard sons begat your cunting daughters,
Promiscuous mothers with your incestuous fathers.
Engreat souls condemned for eternity,
Sustained by immoral observance a domineering deity.

Chaos rampant,
An age of distrust.
Confrontations.
Impulsive sabbath.

On and on, south of heaven”

The root of all evil is the heart of a black soul.
A force that has lived all eternity.
A never ending search for a truth never told.
The loss of all hope and your dignity.

Chaos rampant,
An age of distrust.
Confrontations.
Impulsive habitat.”

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -