PUBLICIDADE

Accept: “parei de beber há cerca de oito anos e é lindo” (Wolf Hoffmann)

De acordo com o líder do Accept, Wolf Hoffmann, ele parou de beber há aproximadamente oito anos. Em entrevista ao apresentador Jorge Botas do canal Metal Global, o guitarrista do Accept, Wolf Hoffmann, revelou que está sóbrio há quase uma década. “Nunca bebi muito, mas bebia constantemente”, explicou ele desse modo:

   

“Todas as noites eu tomava meus dois, três copos de qualquer coisa. E eu não conseguia nem ir para a cama antes de sentir um leve zumbido por muitos anos. E é simplesmente perigoso. E então, um dia, você percebe que o preço é justo. muito alto – as dores de cabeça no dia seguinte e a ressaca. Então parei de beber há cerca de oito anos, e é lindo… É simplesmente incrível acordar de manhã e me sentir revigorado e não ter ressaca.”

Hoffmann continuou, em seguida, dizendo que a “desvantagem de não beber” é se você está em um grupo de bebedores e é o único que não bebe, às vezes é um pouco doloroso, porque eles ficam cada vez mais bobos e cada vez mais barulhentos, e você senta lá e pensa:

“Isso é insuportável… Bem, eles estão se divertindo, mas não percebem como isso afeta você, já estive assim muitas vezes.”

Conforme anunciamos anteriormente, o novo álbum do Accept, “Humanoid”, chega em 26/4/2024, pela Napalm Records. Assim como acontece desde o lançamento de “Blood Of Nations” (2010), o novo registro foi gravado, mixado e masterizado pelo renomado Andy Sneap, que também atua como guitarrista do Judas Priest. A fim de oferecer aos fãs um aperitivo sobre seu novo full lenght, Accept já disponibilizou dois singles, a faixa título e “The Reckoning”. Veja ambas através dos links abaixo:

Opinião

Acreditamos que Wolf Hoffman tomou um decisão certíssima para a sua vida, já que o álcool faz várias vítimas todos os dias. Inclusive, já escremos aqui no Mundo Metal uma matéria que fala, primordialmente, da cirosse hepática, doença que provoca a degeneração progressiva do fígado e que já fez várias vítimas dentro do Rock e do Metal. Apesar das drogas proibidas pelo Estado serem consideradas as vilãs, o álcool tem um potencial destrutivo tão grande ou, as vezes, até maior que elas. Leia mais, clicando aqui.

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -