PUBLICIDADE

Vale a pena ouvir de novo: Homenagem póstuma a James Kottak

Homenagem póstuma a James Kottak (1962-2024)

   

Nascido em 26/12/1962, em Louisville, cidade americana situada no estado de Kentucky, James Kottak iniciou sua carreira como baterista no final dos anos 70, ao integrar a banda Home, com a qual gravou seu primeiro trabalho, “New Life For Me”, lançado em 1978.

James Kottak no Kingdom Come

Kottak integraria, posteriormente, Kingdom Come, banda germânica de Hard Rock, liderada pelo vocalista Lenny Wolf (Stone Fury), com quem gravou os excelentes “Kingdom Come” e “In Your Face”, respectivamente, primeiro e segundo álbum, editados em 1988 e 1989. Logo após deixar o Kingdom Come, Kottak integrou bandas como No Sweat, Michael Lee Firkins, Wild Horses, McAuley Schenker Group , Shortino/Northrop, Axxis, Warrant, dentre outras.

Apesar de integrar grupos de renome, foi à partir de 1996 que o músico obteve grande sucesso seguido da notoriedade que lhe era merecida ao integrar o Scorpions, ícone alemão do Hard Rock, onde permaneceu até 2016, gravando os discos “Eye II Eye” (1999), “Moment of Glory” (2000), “Acoustica” (2001), “Unbreakable” (2004), “Humanity: Hour I” (2007), “Sting in the Tail” (2010), “Comeblack” (2011), e “Return To Forever” (2015).

Retorno ao Kingdom Come

Três décadas após deixar o Kingdom Come, James Kottak retornaria à banda em 2018.

Um ano depois, participou do projeto A New Revenge, ao lado de nomes relevantes do Rock/Metal como Tim Ripper Owens ( Judas Priest, Iced Earth, Charred Walls Of the Damned, KK’s Priest, The Three Tremors, etc), Rudy Sarzo (Whitesnake, Quiet Riot, Dio,, Ozzy Osbourne), assim como Keri Kelli (Skid Row, Jani Lane, Vince neil, Alice Cooper), gravando “Enemies & Lovers”, álbum de estreia editado em março de 2019.

Conhecido por seu carisma e carinho com os fãs, James Kottak carregava consigo a fama de ser um músico cujos solos eram bem elaborados, além disso, sua maneira peculiar de tocar sua bateria era sua marca registrada.

Além da bandas citadas, Kottak integrou grupos/bandas como No Fun (1979), Nuthouse (1980), Mr. Charlie (1981), James Kottak (1982), Apex (1983), Buster Brown (1985), Normandy (1987), Robert Stevenson (1987), Montrose (1987) e Trixter (1989).

Posteriormente ao deixar o Scorpions, o músico integrou a banda Kottak (ex-Krunk) onde atuou também como vocalista.

Vale a pena ouvir de novo: Homenagem póstuma a James Kottak – REPRODUÇÃO

A morte de Kottak

Sua morte: James Kottak faleceu aos 61 anos de idade em 09 de janeiro de 2024, no entanto, os motivos de seu falecimento ainda não foram divulgados.

Em homenagem ao excelente músico que fora e dentre inúmeros grupos o qual passou, escolhemos “Kingdom Come”, álbum de estreia da banda alemã, editado em 29 de fevereiro de 1989, inegavelmente, um dos grandes momentos de sua carreira.

   

“Kingdom Come” (o disco) atingiu a 12a posição da Billboard 200, e contemplou a banda com disco de ouro em países como Canadá e Estados Unidos.

O disco ainda figurou nas paradas de sucesso de países como Alemanha, Austrália, Finlândia, Holanda, Noruega, Nova Zelândia, Reino Unido e Suécia.

Aos amantes do bom e velho Hard Rock… Vale a Pena Ouvir de Novo.

Faixas:

  • 1.Living Out of Touch
  • 2.Pushin’ Hard
  • 3.What Love Can Be
  • 4.17
  • 5.The Shuffle
  • 6.Get It on
  • 7.Now Forever After
  • 8.Hideaway
  • 9.Loving You
  • 10.Shout It Out

Integrantes:

  • Lenny Wolf (vocal)
  • Danny Stag (guitarra)
  • Rick Steier (guitarra, teclados)
  • Johnny B. Frank (baixo)
  • James Kottak (bateria)

Redigido por: Geovani Vieira

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -