PUBLICIDADE

Resenha: Sorcerer – Reverence (2021)

O EP “Reverence” do Sorcerer homenageia algumas de suas influências musicais.

   

Logo depois do lançamento de seu terceiro full lenght, o magnífico “Lamenting Of The Innocent”, a banda sueca de Doom Metal, Sorcerer, que já está trabalhando em seu quarto álbum, ainda sem nome divulgado, presenteou seus fãs com um EP com quatro faixas.

Batizado como “Reverence”, o registro traz covers de artistas que são referências para o quinteto, saiu no dia 10 de dezembro, pelo selo Metal Blade Records.

EP de COVERS PERFEITOS

Discos só de covers não costumam me empolgar, porém, nesse caso foi bem diferente. A nítida dedicação às releituras chega a impressionar e até emocionar. A produção é impecável, enquanto a qualidade dos músicos é, simplesmente, fantástica. Assim sendo, a ansiedade pelo sucessor do “Lamenting Of The Innocent” ficou imensurável.

Crédito: Photo BY Marieke Verschuren Photography

Rainbow, “Gates Of Babylon”

A princípio, quando foi lançada, no dia 10 de setembro, a versão para a canção do Rainbow, “Gates Of Babylon”, eu, que acompanho a banda já há algum tempo, cliquei no link do Youtube, despretensiosamente. Assim que a voz de Anders Engberg começou a interpretar a de Ronnie James Dio esbanjando feeling e perfeição técnica, eu não consegui tirar os olhos da tela até o fim.

Kristian Niemann e Peter Hallgren

Os solos de guitarra Kristian Niemann e Peter Hallgren me transportaram ao momento em que ouvi essa música pela primeira vez em minha juventude. Ou seja, me emocionei como se fosse a versão original. Realmente, os “meninos” de Estocolmo colocaram a sua personalidade e tornaram maravilhoso algo que já nasceu lindo. Inclusive a capa do single é sensacional, tendo sido baseada na capa do “Long Live Rock’n’Roll”.

“When Death Calls”

Qualquer um que teve contato com todas as fases do Black Sabbath é familiarizado com o timbre vocal de Tony Martin. Além disso, quem conhece o trabalho do Sorcerer a fundo sabe que há uma grande semelhança entre as vozes de Engberg e Martin. Diante disso, no dia 8 de outubro, eles liberaram uma versão de “When Death Calls”. A canção saiu originalmente no “Headless Cross”, décimo quarto registro completo dos britânicos, que veio a luz em 1989.

Engberg

Se alguém ainda tinha dúvida da semelhança entre os timbres dos dois vocalistas, após ouvir tal versão, ela foi completamente cessada. Até porque, a interpretação absurda de Engberg, ei de destacar a dupla de guitarristas mais uma vez, além do baixista, Justin Biggs. O próprio mestre dos riffs, Tony Iommi, reconheceu a qualidade e a beleza desse cover.

Crusader do Saxon

Em seguida, Sorcerer lançou uma versão de “Crusader”, canção que intitula o sexto disco da banda inglesa, Saxon, oriunda do NWOBHM, nesse dia, eu tive certeza absoluta que não se tratavam de singles esporádicos, mas sim de um vindouro registro que estava prestes a nascer.

Surpreendentemente, Sorcerer conseguiu adaptar aquele ambiente épico da música original ao seu estilo marcante de Melodic Doom. Como resultado, não poderia ter ficado melhor.

“Waiting For Darkness” de Ozzy Osbourne

Finalmente, em 10 de dezembro, juntamente com o EP completo, “Reverence”, foi lançado o cover de “Waiting For Darkness”, oitava e última faixa do full lenght, “Bark At The Moon”, terceiro da carreira solo do Madman, Ozzy Osbourne.

   

A cozinha do baixista Biggs e do baterista Richard Evensand foi o destaque da vez, contudo, essa é a única faixa do EP que tem em sua versão original a voz mais distante do timbre de Engberg. Mas, assim mesmo, sua interpretação foi acima do bem e do mal.

Perfeição é Sorcerer

Minha admiração pela arte musical do Sorcerer é cada vez maior, crescendo a cada novo registro lançado. Aposto que isso continuará na crescente. já que há muito talento, feeling, profissionalismo e dedicação em jogo. Ouça sem moderação e com o volume no 10.

Nota: 10,0

Integrantes:

  • Anders Engberg (vocal)
  • Kristian Niemann (guitarra)
  • Peter Hallgren (guitarra)
  • Justin Biggs (baixo)
  • Richard Evensand (bateria)

Faixas:

  • 1.Gates of Babylon (Rainbow cover)
  • 2.When Death Calls (Black Sabbath cover)
  • 3.Crusader (Saxon cover)
  • 4.Waiting for Darkness (Ozzy Osbourne cover)

Redigido por Cristiano “Big Head” Ruiz

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -