PUBLICIDADE

Resenha: Roadwolf – “Midnight Lightning” (2023)

“Midnight Lightning” é o segundo álbum da banda austríaca de Heavy Metal, Roadwolf.

   

Lançado no último dia 19 de maio, “Midnight Lightning” é o segundo full lenght da banda austríaca de Heavy Metal tradicional, Roadwolf, que é o sucessor do debut “Unchain The Wolf”, de 2020.

Formado na cidade de Wiener Neustadt/Lower Austria, no ano de 2011, o primeiro registro do quarteto foi o EP “Never Surrender”, disponibilizados três anos depois.

Para começar, gostaria de falar do competente line-up.

A voz do frontman Franz Bauer é uma miscelânea de excelentes influências e referências, mescladas de maneira tão homogênea que o resultado final é a sua própria marca.

A guitarra de Valentin Strasser traz em si a essência do Heavy Metal tradicional, porém flertando com o Hard Rock oitentista em vários momentos.

Acompanhando as já supracitadas características, o baixo de Christoph Aigner, assim como a bateria de Emanoel Bruckmüller criam o alicerce para deleitosa sonoridade produzida.

ROADWOLF / Divulgação / Facebook

Fãs de Judas Priest, Accept e Scorpions devem reservar um tempo para ouvir essa obra sem pausas ou ruídos.

Quando aperto o play e a acelerada “On The Run” mostra a sua cara, logo me tranquilizo, pois percebo que acessei o portal da pura alma do Heavy Metal. Assim sendo, a voz de Bauer me seduz e conquista prontamente. A faixa título, que é como Scorpions tocando Heavy, vem em seguida, agitando o meu coração feito um furacão. Mas, nessa canção é a vez da guitarra de Strasser me convencer. Absolutamente certeira, invadiu minhas artérias e fez o meu sangue ferver. “Mark Of The Devil” termina de forjar o introdutório tridente infernal, sendo a minha favorita desse início do registro. O som trastejado do baixo é de meu gosto e o refrão é, igualmente, do jeito que eu mais amo.

“Você carrega a marca do diabo”
“Não volte para mim”
“Você é pura maldade”
“Afogar-se em chamas eternamente”
“Marca do diabo”
“Não volte para mim, você é pura maldade”
“O preço é devido, pois a marca da besta está em você”

ROADWOLF / Divulgação Official / NAPALM RECORDS

“Supernatural” tem uma veia Hard Rock mais intensa que suas antecessoras, embora o Heavy continue presente em sua musicalidade. Os solos de Strasser, nessa e nas demais composições, são de alto nível. “High Under Pressure” traz a rapidez de volta a cena do crime. Na hora de solar, a guitarra divide a tarefa com o baixo e um saxofone muito bem executado. “Sons Of The Golden Horde” é excelente e soa magistralmente como os melhores nomes da NWOTHM. Aliás, em nenhum segundo consigo notar algo exageradamente datado, fato que é merecedor de elogios, pois a chama da personalidade própria não se apaga.

“Não se atreva a quebrar o juramento”
“Não mostre piedade pelos fracos”
“Fuja e espalhe a palavra”
“Tema os filhos da horda dourada”
“De joelhos e salve nosso senhor”
“Tema os filhos da horda dourada”

“Don’t Deliver Us To Evil” passeia pela estrada do full lenght, trazendo a tona o Hard & Heavy 80’s. Franz Bauer arrisca agudos e se sai perfeitamente bem, os solos de Valentin Strasser aplicam um pitada a mais de técnica, mas com alta dosagem de feeling.

“Nós somos os últimos da fila”
“Estamos gritando com o diabo, temos olhares que matam”
“E gritar com vingança alta não nos entregue”
“Não nos livre do mal não nos entregue”
“Não nos livre do mal”

ROADWOLF / MIDNIGHT LIGHTNING / Art Cover

A trinca final

A trinca final abre com “Running Out Of A Time”, a música mais técnica do álbum. Aigner e Bruckmüller saem do limite de sua normal execução, arriscando solos e contratempos. “Savage Child”, por sua vez, é a canção mais acelerada do “Midnight Lightning”, com uma pegada que beira o Speed/Heavy Metal.

Cada nova faixa vai me mostrando elementos que eu não esperava encontrar pelo que ouvi nas primeiras faixas do full lenght.Bom, eu juro que achei que não haveria balada alguma, mas estava equivocado. “Isolated Hearts” demonstra, dessa forma, mais talentos de Franz Bauer e outra faceta do Roadwolf que não se apresenta no restante do track list.

   

O que vou mencionar agora não é uma crítica, pois não há razões para tal, todavia eu inverteria as posições das canções “Savage Child” e “Isolated Hearts”, para que houvesse uma balada antes do encerramento do disco com uma música rápida e pesada. Porém, isso é apenas um mero detalhe surgido em minhas viagens alucinadas ouvindo Heavy Metal.

Herzlichen Glückwunsch, Roadwolf, zu eurem hervorragenden Heavy-Metal-Album! Weiter so!

Nota: 9,2

Integrantes:

  • Valentin Strasser (guitarra)
  • Franz Bauer (vocal)
  • Christoph Aigner (baixo)
  • Emanoel Bruckmüller (bateria)

Faixas:

  • 1.On The Run
  • 2.MIdnight Lightning
  • 3.Mark Of The Devil
  • 4.Supernatural
  • 5.High Under Pressure
  • 6.Sons Of The Golden Horde
  • 7.Don’t Deliver Us From Evil
  • 8.Running Out Of A Time
  • 9.Savage Child
  • 10.Isolated Hearts

Redigido por Cristiano “Big Head” Ruiz

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -