PUBLICIDADE

Resenha: Gueppardo – “Power Lines” (2023)

Dois anos separam “I Am The Law” de “Power Lines”, quinto full lenght da banda porto-alegrense de Heavy Metal, Gueppardo, porém, o segundo com as composições em inglês, já que, até o álbum “Execução Sumária”, as mesmas eram em idioma português.

   

Em primeiro lugar, estabeleço a principal diferença entre as sonoridades de “I Am The Law” e “Power Lines”. O álbum anterior apresenta uma mescla entre Heavy Metal e Hard Rock, o que chamamos de Hard&Heavy ou Heavy Rock, mas, no atual registro, o estilo está muito mais voltado ao Heavy tradicional e a veia Hard está muito menos presente.

Line-up

O vocalista Thiago Gutierres conseguiu superar a sua performance do álbum anterior, explorando ainda melhor sua técnica, feeling e sua interpretação nas canções. Enquanto isso, o guitarrista Pery Rodríguez sofisticou os seus riffs e registrou fantásticos solos que equilibram técnica, feeling e bends perfeitos. Enfim, as linhas de bateria de Diego Pereira dão peso e ritmo a essas composições forjadas em aço de Toledo.

GUEPPARDO / Divulgação / Facebook

“Dare To Live”, “Power Lines” & “Sands Of Destiny”

A primeira trinca do registro abre com “Dare To Live”. Não surpreendentemente, destaco a técnica vocal de Gutierres, que demonstra pleno domínio dos agudos que executa. Além disso, me impressionei com o solo avassalador de Pery.

A faixa título “Power Lines” é bem mais acelerada, flertando inclusive com Speed/Power em sua pegada. Não me impressionaria encontrar alguma faixa que soasse puramente Power nesse disco.

Em contrapartida, “Sands Of Destiny” introduz lenta e dedilhada. Contudo, ela ganha uma aceleração moderada após menos de um minuto.


“In The Shadowns Of Light”, “Interlude”, “Farewell” e “Blind Faith”

Em seguida, um riff que lembra a NWOBHM faz soar “In The Shadowns Of Light”. Fiquei feliz em notar que a voz de Thiago parece sofrer um processo evolutivo a cada faixa. Sei que isso na verdade poder ser uma impressão gerada pela minha empolgação, mas não deixa de ser algo positivo.

O bonito tema instrumental “Interlude”, o qual me remete a um mix de Blackmore, Hoffmann e Malmsteen, principalmente pela veia erudita, serve de introdução para a canção “Farewell”, que embora tenha esse nome, não é o adeus do disco, pois há muito mais para rolar.

Ao propósito, nela destaco o competente trabalho de Diego Pereira com a sua bateria precisa e cheia de belos arranjos.

Logo após, Blind Faith chega mostrando que o Hard & Heavy, embora com menor incidência, ainda está presente nas criações e na alma do grande felino gaúcho que provém Heavy de qualidade inquestionável.

“Invisible Chains”, “Another Rebel Down” e “Under The Curtain”

Ainda com o Hard & Heavy dando as cartas do jogo, “Invisible Chains” invoca o espírito do Heavy/Rock 80’s. Em resumo, o refrão é fortíssimo e gruda na mente, assim como o seu riff “gordo”.

   

“Another Rebel Down” é o single que ganhou um versão em videoclipe, pois, nela, o puro Heavy Metal voltou a comandar as ações e já não saiu de cena até o fim.

Sua escolha para tal foi muito feliz por parte do Gueppardo e, ademais, seu solo de guitarra é o meu favorito do registro, assim como a canção em si é a minha eleita do “Power Lines”.

Enfim, cabe a música “Under The Curtain” a tarefa de encerrar o quinto full lenght da carreira do Gueppardo e, convenhamos, ela cumpre muito bem o seu dever.


Em suma, Gueppardo deu mais um passo vitorioso em sua batalha. Oxalá, que venham mais e mais vitórias nessa longa e ardilosa estrada do Heavy Metal, principalmente, o brasileiro.

Nota 9,0

Integrantes:

Pery Rodríguez (guitarra, baixo)
Thiago Gutierres (vocal)
Diego Pereira (bateria)

Faixas:

1.Dare To Live
2.Power Lines
3.Sands Of Destiny
4.In The Shadows Of The Night
5.Interlude
6.Farewell
7.Blind Faith
8.Invisible Chains
9.Another Rebel Down
10.Under The Curtain

Redigido por: Cristiano “Big Head” Ruiz

Aliás, confira a resenha do álbum anterior, “In The Law”

Quem é Mundo Metal?

Mundo Metal nasceu em 2013, através de uma reunião de amigos amantes do Rock e Metal. Com o objetivo de garimpar, informar e compartilhar todos os bons lançamentos, artistas promissores e tudo de melhor que acontece no mundo da música pesada.

   

Despretenciosamente, veio o grupo e depois a página no Facebook, aos poucos passamos a utilizar outras redes como Instagram e Youtube e, posteriormente, nosso site oficial veio a luz. Apesar de todas as dificuldades da vida cotidiana, nunca desistimos de nossos objetivos e, hoje, nosso site está em franca expansão.

Sejam muito bem-vindos a nossa casa e desejamos de coração que voltem sempre.

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -