Ozzy Osbourne: as maiores loucuras já cometidas. O que é fato e o que é lenda?

PUBLICIDADE

O ‘Madman’ Ozzy Osbourne ficou mundialmente conhecido por seu comportamento excêntrico e sua conduta ‘politicamente incorreta’. O músico, hoje com 72 anos de idade, possui uma problemática porém vencedora trajetória no mundo da música e é um dos poucos em atividade que pode ser chamado de lenda viva.

Ozzy fez tantas coisas loucas durante sua juventude e existem tantas lendas a seu respeito que as vezes os fatos se confundem com a fantasia. Vou mencionar alguns deles aqui e facilmente você vai entender como nem sempre é fácil saber o que é real e o que não é.

Reprodução

Ozzy cheirou uma carreira de formigas (ao invés de uma de cocaína) na turnê que fez em conjunto com o Motley Crue?

E aí, é fato ou lenda? Esta é uma história tão contada e tão proliferada que as pessoas creem piamente que é verídica. Mas não é. O “acontecimento” virou até uma cena do filme ‘The Dirty’, do Motley Crue, aliás, uma cena hilária. Só que não existe nenhuma prova documental que isto realmente aconteceu. O único cara sóbrio no momento da tal ‘cheirada diferente’ era o guitarrista Jake E. Lee, e ele diz o seguinte:

“Eu estava lá e não vi nenhuma formiga. O que ele cheirou foi uma aranhazinha. Não existia fila de formigas como disseram. Tommy Lee, Nikki Sixx e Ozzy disseram isso, mas estavam drogados. Eu não estava. Só queria pegar um bronze. Só isso, mas eles estavam chapados. O Ozzy cheirou uma aranhinha que estava lá. Eu não ligo pro que os outros caras disseram, mas não tinham formigas ali[…] mas no final isso é um detalhe mínimo”

Como vocês podem perceber, três caras chapados podem ver muitas coisas, mas não temos um fato comprovado desta história, apenas uma lenda que sobreviveu ao tempo. Mas a cena do filme é muito engraçada:

E no caso em que Ozzy arrancou a cabeça de uma pomba branca a dentadas? Fato ou lenda?

Fato! Em 28 de março de 1981, Ozzy foi a um evento da gravadora dedicado a jornalistas, onde aconteceu a audição de seu primeiro disco de estúdio, “Blizzard Of Ozz”. A empresária Sharon Arden (na época eles ainda não eram casados) teve a ‘brilhante de idéia’ de levar algumas pombas brancas para que Ozzy as soltasse durante o evento. E ele realmente as soltou, só que elas não voaram como ela previu e foi aí que tudo aconteceu.

As pombas eram para simbolizar a paz e uma tentativa legítima de mudar a imagem do Madman, mas se esqueceram de combinar com ele. Nesta época, o vocalista estava no auge do seu consumo de álcool e drogas, e neste dia em específico, ele foi para o tal evento realmente fora de si. O próprio Ozzy se lembra do ocorrido e nos conta:

“Eu estava no prédio da CBS Records para uma reunião em 1981. Eu estava muito alcoolizado e chapado, e minha mulher pediu que eu entrasse na sala de reunião e soltasse duas merdas de pombas brancas em sinal de paz. Eu estava muito fora de mim; joguei uma pra cima e arranquei a cabeça da outra com a boca e joguei em cima da mesa. Antes do fim do dia, aquilo já tinha virado notícia no mundo inteiro e eu fui o filho da puta do ano. Minha mulher ficou maluca quando chegamos em casa. Fui banido do prédio da minha própria gravadora.”

Viram a diferença do fato e da lenda? O fato é documentado. Você sabe que aconteceu pois existem testemunhas, relatos, ás vezes até fotos ou vídeos, a história se confirma.

Vamos a última. Ozzy comeu um morcego no palco? Fato ou lenda?

Fato! Após sair de banda que o projetou para o sucesso, o Black Sabbath, Ozzy se lançou em carreira solo e lançou álbuns espetaculares que o consolidaram como um dos mais influentes artistas do Rock/Metal.

Em 1981, ainda em parceria com o saudoso guitarrista Randy Rhoads, o cantor lançou uma de suas principais obras, “Diary Of Madman”, trabalho que apresentou ao mundo clássicos como “Over The Mountain”, “Flying High Again” e “Believer”. No ano seguinte, na turnê de divulgação do registro, um fato curioso ocorreu em uma apresentação ao vivo e gerou uma das histórias mais bizarras da história do Rock.

O show foi no dia 20 de janeiro de 1982, que ocorreu na cidade de Dês Moine, Iowa. O ‘madman’ pegou um morcego que foi jogado no palco (ainda vivo) por um fã e, crente que se tratava de um animal de plástico, não pensou duas vezes e o abocanhou. Segundo o vocalista conta em sua biografia, ele acreditou que o animal era de brinquedo e resolveu mordê-lo para impressionar o público, só foi perceber o que realmente tinha feito quando o sangue escorreu em sua boca.

Como podem ver, o morcego não tinha nada de borracha e Ozzy saiu do palco diretamente para ser medicado. Após algumas injeções anti-rábicas, estava novo e pronto para outra. Certamente, ele saiu deste dia com uma das histórias mais marcantes e estranhas que se tem notícia em seu extenso currículo de loucuras.

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE
PARCEIROspot_img

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,663SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
151SeguidoresSeguir
960InscritosInscrever

Últimas Publicações