O dia em que Ritchie Blackmore estava em dois lugares ao mesmo tempo

PUBLICIDADE

Em 13 de novembro de 1974, há exatos 47 anos, o Deep Purple excursionava pelos Estados Unidos divulgando o clássico “Burn”. Neste dia, o grupo estava fazendo um show em São Francisco com a famosa “fase III” que contava com David Coverdale e Glen Hughes no line up. Como estamos falando de um mundo sem internet onde as informações demoravam mais para chegar, neste mesmo momento, um homem chamado Ritchie Blackmore vagava pela cidade de Iowa, também nos Estados Unidos, porém, há mais de 3.000 km de distância de onde o Deep Purple estava.

O tal Blackmore de Iowa arrecadava comida e acomodação de fãs crédulos e, se não bastasse, retirou um porsche emprestado de uma concessionária e foi fazer um test drive como um autêntico astro do Rock faria. O problema é que o Blackmore de Iowa não era tão bom assim no volante e poucos minutos depois de pegar o carro, sofreu um acidente e arrebentou o carro todo.

Enquanto o Ritchie do Deep Purple estava tocando em São Francisco, boa parte da imprensa de Iowa registrou que o guitarrista havia sofrido um grave acidente de carro do outro lado do país. Muitos fãs pensaram que o pior poderia ter acontecido e somente algum tempo depois perceberam que se tratava de um engano. As informações foram chegando e, é claro, o farsante foi desmascarado, mas o mais intrigante nessa história é que aparentemente ele conseguiu fugir antes que a polícia o identificasse.

Créditos: Chris Walters

Décadas mais tarde, em 2005, um novo “sósia” de Blackmore atacou novamente, desta vez na Inglaterra, na cidade de Southampton, o farsante apareceu se dizendo Ritchie Blackmore e vendeu autógrafos para fãs crédulos. Desta vez, a polícia não deu mole, o cara acabou sendo pego e encaminhado para um hospital psiquiátrico, onde compôs uma música para a enfermeira que cuidou dele (que doideira!).

Estes acontecimentos chegaram ao conhecimento de Ritchie Blackmore, mas o guitarrista não deu muita bola, apenas respondeu:

“Por que não escolhem alguém mais famoso do que eu?”

Voltando ao dia 13 de novembro de 1974, enquanto o “sócia” de Blackmore andava de porsche na cidade de Iowa e vivia seus 5 minutos de fama, o verdadeiro Ritchie fazia algo muito mais interessante. As bandas que abriram os shows do Deep Purple nesta data eram a Electric Light Orchestra e o ELF. O guitarrista do Purple neste dia ficou verdadeiramente maravilhado com um tal Ronnie James Dio, na época, cantor do ELF. No ano seguinte, este mesmo Dio seria recrutado para participar do Rainbow e o resto, vocês sabem, é história…

Créditos: Fin Costello/Redferns
PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE
PARCEIROspot_img

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,663SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
149SeguidoresSeguir
960InscritosInscrever

Últimas Publicações