PUBLICIDADE

Música & Letra: “Iron Fist” (Motörhead)

Integrantes:

  • Lemmy Kilmister (vocal e baixo)
  • Phil Campbell (guitarra)
  • Würzel (guitarra)
  • Pete Gill (bateria)

O Motörhead terá a música “Iron Fist” retratada no quadro Música & Letra.

   

Este é um quadro especial e bastante específico, pois abre espaço para inserir e entender junto ao caríssimo e assíduo leitor, o que cada música conta para nós em seus versos e estrofes, acompanhadas por grandes riffs e solos de sucesso. Por vezes, os videoclipes não mostram com exatidão toda a mensagem composta na canção, e este espaço foi idealizado exatamente para explanar e decifrar o que está por trás das letras. Vamos conferir a escolha desta edição.

Sobre a música “Iron Fist”

Após o sucesso com o clássico álbum “Ace of Spades”, de 1980, e o ao vivo “No Sleep ‘til Hammersmith”, disco de 1981, o Motörhead teve a árdua e importante missão de manter o nível lá no alto.

“Iron Fist” é a principal música do sexto e homônimo full length do Motörhead. Assim sendo, a faixa alcançou a melhor colocação (29º lugar) dentre todos os outros singles do álbum. Entretanto, o álbum por si só nunca deixou a desejar e possui outras músicas de grande porte. Mas, foi com a faixa-título que o Motörhead garantiu melhores posições e transformou os seus shows, com a faixa sendo utilizada como abertura das turnês por um longo período. Certamente, a banda optou por essa escolha a partir do fato que “Iron Fist” funcionava como uma verdadeira metralhadora sonora ao vivo.

O álbum foi lançado no dia 17 de abril de 1982 via Bronze Records e marcou o prenúncio de várias mudanças na banda, incluindo o fim de um dos power trios mais potentes e verdadeiros da música pesada.

A coincidência ficou por conta do 6º lugar alcançado nas paradas britânicas de LPs, sendo o sexto álbum de estúdio. Contudo, mais uma vez a banda partiu em outra turnê que viu um dos palcos mais ambiciosos para a época.

Por fim, “Iron Fist” se tornou um dos grandes hinos da banda de Lemmy Kilmister, sempre sendo lembrada pela banda até seus últimos dias na estrada e, agora com seus fãs mantendo a sua chama acesa. “Iron Fist” é sem sombra de dúvida uma das músicas mais poderosas, determinadas e fortes, características associadas à banda e ao seu estilo icônico e verdadeiro. Em suma, um motor de arranque implacável e que sobreviveu ao teste do tempo.

Sobre a letra

A canção retrata a determinação de alguém que precisa vencer os seus medos para seguir em frente, movido pela determinação e a atitude implacável de vencer todos os desafios. Segundo Lemmy, era a forma descrita de alcançar todos os objetivos a todo custo, com o intuito de conquistar o mundo. O desafio era muito grande e para a banda era algo gratificante, gerando o ímpeto para irem em busca do primeiro lugar. Embora isso não tenha acontecido, a banda conseguiu se manter firme e ainda apresentou ótimos números, se comparado com outros trabalhos de menor sucesso.

Letra de “Iron Fist”

“Noite escura, nada para ver / Mão invisível na minha frente / Morrendo de medo de que haja alguém por perto / Com medo de se mudar, mas você não pode ficar aqui”

Pode-se entender sobre um momento em que não há muito o que se pensar. Mente vazia, oficina do diabo. Acho que vi esse ditado em algum lugar. Pensando se alguém pode complicar o dia ou prejudicar seus planos. Existe o medo do novo por ser como uma rua escura, mas você terá que enfrentar esse desafio e, por vezes, sem olhar para trás. A mudança pode representar várias situações, sendo desde uma mudança de endereço e residência, até mesmo uma mudança de estratégia quanto aos negócios. Sair de algo ruim e rotineiro para um plano renovado e cheio de gratas surpresas. Todavia, podemos colocar diretamente com relação ao sucesso alcançado pelo Motörhead antes do lançamento de “Iron Fist”.

“Você me conhece, mau-olhado / Você me conhece, prepare-se para morrer / Você me conhece, o beijo da picada de cobra / Aperto do diabo, o Punho de Ferro”

A tentação de retroceder e não seguir, juntamente com os olhares intencionais dos outros. É um jogo de vida ou morte. Ou você fica estagnado e inerte às moscas, ou arrisca mais uma tentativa para ver o sol nascer de novo. O beijo pode vir como uma picada venenosa e esse beijo pode representar a própria sorte de alguém que está prestes a mudar o seu mundo e sem perder a sua essência. Por conta disso, beijo pode vir precedido de uma picada, te tornando um ser inútil ou desbravador. A execução da lei marcial acontece dentro da própria mente. As melhores ideias darão sequência, ou os piores pensamentos poderão alimentar o diabo e o seu punho de ferro.

Metáforas diretas

“Cavalo voador não faz barulho / Cascos voadores não tocam o chão / Ande em círculo, perca o controle / Não posso continuar, mas você não pode voltar”

Isso logo me lembrou Caverna do Dragão. Por que será? Bem, de acordo com a associação da figura, é possível entender como algo ruim pode ocorrer sem que você perceba, de maneira silenciosa e instintiva.

   

De fato, a furtividade dos pensamentos pode tornar o cenário em algo sem vida ou em algo com cores. Portanto, a pessoa deve peneirar seus pensamentos para conseguir elaborar e construir os seus propósitos. E se a meta é atingir o ponto mais alto da montanha mais elevada, a concentração deve ser tão sublime quanto o cavalgar do equino galopante voador. Com toda a certeza, isso pode realmente acontecer. Afinal, é até normal caminhar em círculos sem visualizar uma saída. Você precisa se conter e observar ao seu redor para a partir daí, poder melhor organizar seus planos. Andar em círculos pode ser ainda mais ou tão desgastante do que ficar estático ou sem forças para levantar da cama.

Não há volta para quem se propôs a seguir em frente. Voltar é um erro fantasiado de recomeço. A reconquista é algo que se forma a partir de um novo começo ao invés de partir de onde havia parado.

Letra completa

“Iron Fist”

Dark night nothing to see
Invisible hand in front of me
Scared to death there’s someone near
Scared to move but you can’t stay here

You know me, evil eye
You know me, prepare to die
You know me, the snakebite kiss
Devil’s grip, the Iron Fist

Flying horse don’t make a sound
Flying hooves don’t touch the ground
Walk in circle lose your track
Can’t go on but you can’t go back

You know me, evil eye
You know me, prepare to die
You know me, you can’t resist
Devil’s grip, the Iron Fist

Moon eclipse and you know why
Ghost rider in the sky
Beast of evil devil’s hound
Tooth and claw they pull you down

You know me, evil eye
You know me, prepare to die
You know me, the graveyard kiss
Devil’s grip, the Iron Fist

Redação e interpretação: Stephan Giuliano

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -