PUBLICIDADE

Música e Letra: Saxon – “Madame Guillotine”

  • Canção: Madame Guillotine
  • Álbum: Hell, Fire and Damnation
  • Ano: 2024
  • Gravadora: Silver Lining Music
  • Banda: Saxon
  • Gênero: Heavy Metal
  • Localidade: Barnsley, South Yorkshire/Inglaterra
  • Idioma: Inglês

Integrantes:

  • Biff Byford (vocal)
  • Nigel Glockler (bateria)
  • Nibbs Carter (baixo)
  • Doug Scarratt (guitarra)
  • Brian Tatler (guitarra)

Sobre a música

“Madame Guillotine” é a terceira faixa do viségimo quinto full lenght do Saxon, banda britânica de Heavy Metal, que saiu no dia 19/1/2024, pelo selo Silver Lining Music.

   

Sobre a letra:

A letra de “Senhora Guilhotina” (em português) fala sobre a revolução francesa que ocorrera entre 1789 e 1799. Porém, ela foca muito mais no evento da “Queda da Bastilha”.

Mas, afinal de contas, o que foi a “Queda da Bastilha”? No dia 14 de julho de 1789, o povo francês tomou de assalto a prisão da Bastilha, a fim de ter acesso ao estoque de pólvora que a monarquia armazenava lá.

Anteriormente a revolução, o governo da França se dividia, teoricamente, em três partes. Primeiro Estado, que era da igreja; Segundo Estado, que pertencia a monarquia; assim como o Terceiro Estado, que pertencia a burguesia e incluía o povo.

Isso não era garantia de nada, já que toda essa divisão era imaginária e o “Terceiro Estado” não tinha poder algum. Muitas pessoas foram executadas pela revolução francesa através da guilhotina, contudo, a mais famosa delas é com certeza a rainha Maria Antonieta. A rainha teria dito a frase, “se o povo não tem pão, que comam brioche”, no entanto, isso não passou de um boato espalhado por aqueles que fomentavam a revolução. E é justamente sobre Maria Antonieta que a letra “Madame Guillotine” se refere.

“Eles me chamam de morte / Eu vim para saldar suas dívidas / Maria Antonieta, eu peguei sua linda cabeça / Eu sou o flagelo dos ricos / Vingança dos pobres / Seus gritos são em vão, eu posso ajudar com sua dor / Os arranjos estão feitos, você morrerá pela minha lâmina / Deixe-me apresentar-lhe Senhora Guilhotina / Ela terá prazer em conhecê-lo, mas por favor não perca a cabeça / Senhora Guilhotina.”

Apesar da importância da revolução francesa, nem tudo são flores. Toda a revolução na história e todo golpe de Estado sempre acabam derrubando uma tirania para, em seguida, estabelecer outra.

“Nunca houve o suficiente / Para satisfazer a luxúria / Para a cabeça na cesta / Outro pego para o caixão / Para entreter a multidão / Sua cabeça decepada ficou orgulhosa / Não tenho sentimento ou culpa, por que minha estrutura foi construída / Sou escravo dos meus senhores, farei o que for construído / Deixe-me apresentar-lhe Madame Guilhotina / Ela terá prazer em conhecê-lo, mas por favor não perca a cabeça / Deixe-me apresentar-lhe Madame Guilhotina / Ela ficará feliz em te ver, tome cuidado com sua cabeça / Para Madame Guilhotina / Por favor, não perca a cabeça / Para Madame Guilhotina / Para Madame Guilhotina”

Bom, agora é hora de curtirmos essa canção desse novo disco do Saxon que está impecável, porém, cuidado para não perder a cabeça. (rs)

“Madame Guillotine”

“They call me the death
I’ve come to settle your debts
Marie Antoinette, I’ve took your pretty head
I am the scourge of the rich
Revenge of the poor”

“Your cries are in vain, I can help with your pain
The arrangements are made, you will die by my blade”

“Just let me introduce you to Madame Guillotine
She’ll be pleased to meet you, but please don’t lose your head
Madame Guillotine”

“The revolution came
I was never to blame
It was my purpose to kill
But people came for the thrill
For the sound of the mob
Paying for your blood”

“And I’ll show no remorse, I am set on my course
All I feel is the drop of my blade”

“Just let me introduce you to Madame Guillotine
She’ll be pleased to meet you, but please don’t lose your head
Madame Guillotine”

“There was never enough
To satisfy the lust
For the head in the basket
Another caught for the casket
To entertain the crowd
Your severed head held proud”

“Have no feeling or guilt, why my structure was built
I’m a slave to my masters, I’ll do as I’m built”

“Just let me introduce you to Madame Guillotine
She’ll be pleased to meet you, but please don’t lose your head
Let me introduce you to Madame Guillotine
She’ll be pleased to see you, be careful with your head
To Madame Guillotine
Please don’t lose your head
To Madame Guillotine
To Madame Guillotine”

Redação e Interpretação: Cristiano “Big Head” Ruiz

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -