PUBLICIDADE

Música & Letra: Bread – “Tecolote”

  • Canção: “Tecolote”
  • Álbum: “Guitar Man”
  • Ano: 1972
  • Gravadora: Elektra Records
  • Banda: Bread
  • Gênero: Hard Rock
  • Localidade: Los Angeles/CA / America
  • Idioma: Inglês

Integrantes:

  • David Gates (vocal, guitarra, baixo, teclado e violino)
  • Jimmy Griffin (vocal, guitarra e piano)
  • Larry Knechtel (piano, baixo, harmonica, guitarra)
  • Mike Botts (bateria)

Sobre a música

“Tecolote” é a faixa de abertura do lado B do álbum “Guitar Man”, quinto da carreira da banda americana de Soft Rock, Bread, e apesar disso, é completamente Hard Rock. Seu riff pesado e sua atmosfera sombria dão, ao mesmo tempo, a essa canção, em especial, elementos que a definem como Hard Rock. Essa aura talvez se deva a letra, a qual vamos comentar em seguida.

   

Sobre a letra:

A letra de “Tecolote” fala sobretudo de um tipo de magia negra, a qual chamam de VUDU. Dizem que o vudu é uma espécie de ritual que usam para vingança e isso tem muito a ver com o que diz a letra, já que aquele que sofre os efeitos da magia, supostamente, fizera mal à filha de quem lhe fez o feitiço. Tecolote é o nome de uma ave da família das corujas, no entanto não foi possível saber qual sua relação com o vudu.

“Mulher voduista fez de mim um boneco / E desde então eu estive na miséria / Ela disse que eu fiz mal à sua linda filhinha / E desde então ela está me deixando louco /
Deixe-me ir, deixe-me ir, Tecolote / Liberte-me, deixe-me ser, Tecolote.”

De acordo com o que podemos entender pelo trecho abaixo, ele teve algum envolvimento físico com a filha da feiticeira. Porém, não quis nenhum tipo de compromisso mais sério com a moça e é justamente isso que despertou a furia na mãe dela. Ainda assim, ele não quer ceder a toda essa ameaça, preferindo sentir os efeitos do vudu a se casar.

“A bateria continua batendo na minha cabeça a noite toda / Espíritos batendo à minha esquerda e à direita / Dor e febre continuam altas / Só porque a filha dela quer se casar comigo / Prefiro morrer, prefiro morrer a me casar / Deixe-me ir, diga não a ela, diga não a ela”

O trecho final é claro. Se alguma mulher irresistível cruzar o seu caminho e você não quiser nada sério com ela, melhor checar quem é mãe dela, pois as consequências podem ser desastrosas. Em suma, cuidado com as aventuras sexuais, o vudu pode pegar você.

“Você ouviu minha história e agora sabe o porquê / Uma velha estranha faz um homem adulto chorar / E da próxima vez que uma linda mulher virar a sua cabeça / É melhor você dar uma olhada na mãe dela / Deixe-me ir, deixe-me ir, Tecolote / Deixe-me ser, me liberte, me deixe livre.

“Tecolote”

“Voodoo woman made a doll of me
And ever since then I been in misery
She said I did her pretty little daughter bad
And ever since then she’s been driving me mad
Let me go, let me go, Tecolote
Set me free, let me be, Tecolote
Drums keep beatin’ in my head all night
Poltergeists knockin’ on my left and right
Pain and a fever running 103
Just because her daughter wants to marry me
Rather die, rather die than get married
Let me go, tell her no, tell her no
You heard my story and you now know why
A strange old woman makes a grown man cry
And next time a pretty pretty turns your head
You better take a look at her mother instead
Let me go, let me go, Tecolote
Let me be, set me free, let me free”

Redação e Interpretação: Cristiano “Big Head” Ruiz

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -