PUBLICIDADE

Dream Theater: Mike Portnoy está de volta

É isso mesmo, Mike Portnoy está de volta ao Dream Theater, você não entendeu errado, os deuses guardiões do Progressive Metal estão em festa, pois um de seus filhos retornou ao lar após 13 anos de afastamento.

   

No ano seguinte ao lançamento do full lenght “Black Clouds & Silver Linings” (2009) e logo após o EP “Wither”, além do single “Raw Dog”, Mike Portnoy anunciou sua saída do Dream Theater, banda a qual ele é membro fundador. Nesse hiato de três anos longe do quinteto que ele ajudou a construir, Portnoy participou de várias bandas e projetos. Entre eles, podemos citar, os mais relevantes, Metal Allegiance, Sons Of Apollo e The Winery Dogs, inclusive participando da primeira edição do Summer Breeze Brasil. Além disso, ele tocou com Twisted Sister após o falecimento de seu baterista clássico, A.J Pero.

DREAM THEATER / Divulgação / Facebook oficial

A história de Portnoy no Dream Theater (a principio, o nome da banda era Majesty) teve início em 1985. O debut “When Dream and Day Unite” chegou em 1989 e foi o único a contar com o vocalista Charlie Dominici, que logo depois foi substituído por James LaBrie, que já estreou no segundo full lenght e um dos maiores clássicos da história da banda, “Images and Words”, de 1992. Mike Pornoy ainda gravou com o Dream Theather, “Awake” (1994), “Falling into Infinity” (1997), “Metropolis Pt. 2: Scenes from a Memory” (1999), “Six Degrees of Inner Turbulence” (2002), “Train of Thought” (2003), “Octavarium” (2005), “Systematic Chaos” (2007), além de “Black Clouds & Silver Linings”, que já mencionamos, anteriormente, no segundo parágrafo.

O anúncio oficial da volta de Mike Portnoy foi publicado há aproximadamente duas horas, de acordo com o texto no Facebook oficial da banda:

“Temos o prazer de anunciar o retorno do baterista Mike Portnoy ao Dream Theater! Entraremos em estúdio para começar a trabalhar em nosso 16º álbum de estúdio e o primeiro com MP desde Black Clouds & Silver Linings de 2009!”

Sobre sua saída e o retorno de Portnoy, o atual baterista, Mike Mangini, disse:

“Eu entendo a decisão do Dream Theater de trazer Mike Portnoy de volta neste momento. Como foi dito desde o primeiro dia, minha função não era preencher todos os papéis que Mike ocupava na banda. Eu deveria tocar bateria para ajudar a banda a seguir em frente. Meu principal papel de manter nosso show ao vivo funcionando todas as noites e essa foi uma experiência intensa e gratificante. Felizmente, tive a experiência de tocar música com esses músicos icônicos, além de alguns momentos divertidos repletos de humor. Eu também gostei muito de passar esse tempo com a equipe. E depois houve a vitória do GRAMMY®, que foi incrivelmente satisfatória. Aos fãs: muito obrigado por serem incríveis comigo. Eu aprecio as fotos que tenho de todos vocês enlouquecendo e se divertindo. Por fim, eu realmente amo a banda, a equipe e o empresário e desejo a eles e a toda a organização tudo de bom.”

Enquanto isso, o guitarrista João Petrucci disse:

“A bateria de Mike Mangini é de outro mundo e estou extremamente grato pelo tempo que ele passou conosco no Dream Theater. Estou muito orgulhoso de todas as músicas incríveis que fizemos juntos, que culminaram em nossa primeira vitória no GRAMMY no ano passado e dos inúmeros momentos mágicos que compartilhamos no palco nos últimos 13 anos. Desejo-lhe todo o melhor sucesso em seus futuros empreendimentos musicais. Estou incrivelmente animado para receber Mike Portnoy de volta ao Dream Theater! Como membro fundador original, amigo de longa data e baterista incrivelmente talentoso e criativo, sei que seu retorno trará um espírito renovado, paixão e energia ao DT que todos nós, incluindo nossos fãs, receberemos com alegria. Mal posso esperar para arregaçar as mangas e voltar ao estúdio juntos!”

John Myung, que é um dos remanescentes da formação original, disse:

“É ótimo voltar à forma com nosso baterista original Mike Portnoy. Começamos a tocar juntos como Majesty há quase 40 anos e estou animado para ver o que esta próxima fase do Dream Theater criará para o futuro. Não desejo nada além do melhor para Mike Mangini por todo o sangue, suor e lágrimas que ele colocou no DT durante seus 13 anos na banda”

O vocalista James Labrie comentou:

“Ter Mike Mangini conosco todos esses anos foi, simplesmente, uma jornada incrível. Ele é um dos bateristas mais incríveis e naturalmente talentosos com quem tive o prazer de trabalhar. Obrigado Mike. A vida é uma viagem muito estranha e acho que é isso que a torna ainda mais interessante e envolvente para sempre. Ter Mike Portnoy de volta na banda é exatamente onde nós e as coisas deveriam estar. As coisas costumam dar uma volta completa e, neste caso, faz todo o sentido. Estou entusiasmado com as perspectivas desta formação clássica da DT se reunir. Posso dizer com absoluta confiança que esta será a encarnação final do DT, com muitos capítulos ainda a serem escritos no nosso futuro. Avante e para cima galera!! Bem-vindo de volta deputado”.

Jordan Rudess, igualmente, deu seu depoimento:

“Mike Mangini é um dos bateristas mais excepcionais do mundo e me sinto privilegiado por termos criado todo um trabalho com ele. Sempre serei grato pelo tempo que compartilhamos no universo Dream Theater. Estamos muito entusiasmados em reunir a família principal do Dream Theater. Há uma ressonância de espírito e visão que é única e vai além das palavras em nosso relacionamento com Mike Portnoy. Dentro e fora do palco não há como negar a magia que acontece quando estamos juntos. Estou grato por termos a oportunidade de trabalhar juntos novamente como Dream Theater e estou ansioso para compartilhar nossa emoção e paixão com nossos fãs incríveis por muito tempo.”

Enfim, completou Mike Portnoy, o filho que está retornando à casa, Dream Theater:

“Estou muito feliz por voltar para casa e me reunir com meus irmãos! Há tanta história partilhada entre todos nós… tantas memórias, tanta música… pensar que estamos perto de completar 40 anos desde que esta viagem começou! A idéia de criar novas músicas juntos é tão emocionante e mal posso esperar para pegar a estrada e tocar ao vivo para toda uma nova geração de fãs que nunca puderam ver essa formação antes… Não há lugar como o nosso lar!!”

PUBLICIDADE

Comentários

  1. Era tudo questão de tempo para isso acontecer!!!! Particularmente eu não sou fã de Dream Theater, mas aprecio a técnica instrumental dos caras…o problema mesmo sempre foi a linha do vocalista que não me agrada, André Matos ou Edu Falaschi ali mesmo daria mais energia para a banda!!!! Valeu!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -