PUBLICIDADE

Clássicos: Megadeth – “Rust In Peace” (1990)

Em 24 de setembro de 1990, “Rust In Peace”, a obra prima do Megadeth, chegava às lojas mostrando uma banda, ao mesmo tempo, madura, experimental, veloz, inteligente e lançando o que Dave Mustaine chamou de “estilo livre de tocar”.

   

Pois é, aqui que temos a maior masterpiece do Thrash Metal no que diz respeito a musicalidade.

MEGADETH / Divulgação / “Rust In Peace” line-up / Facebook

Aliás, nenhuma composição desse álbum segue um padrão pré-estabelecido e todas possuem um algo mais, as variações aqui experimentadas se tornaram inspiração e/ou sonho de consumo de muitas bandas ao redor do mundo.

É aqui que Marty Friedman é apresentado “oficialmente” ao mundo do Thrash e o cara dá um show, neste disco o guitarrista criou solos dos mais espetaculares já produzidos e casou perfeitamente seu virtuosismo + feeling com a criatividade exacerbada de Dave Mustaine.

Clássicos absolutos do Thrash Metal

Músicas como “Tornado Of Souls”, “Hangar 18” e “Holy Wars”, rapidamente, se tornaram clássicos, mas é em composições como “Lucretia”, “Five Magics”, “Take No Prisioners”, “Poison Was The Cure” e “Rust In Peace… Polaris” que os quatro integrantes realmente mostram toda a química presente na época. Impossível fazer qualquer destaque individual, pois todos os músicos estavam perfeitos e cada uma das faixas é para ser ouvida e admirada.

DAVE MUSTAINE / MARTY FRIEDMAN / Reprodução / Facebook

Apesar do período de porralouquice que Dave passava nesta época, com diversas internações, prisões por porte de drogas e tretas mil, o cara sempre teve o tino para o negócio e soube reformular o Megadeth como ninguém imaginaria que seria possível.

Assim sendo, costumo dizer que “Rust In Peace” é o álbum que toda banda de Thrash gostaria de ter composto. Está presente em praticamente todas as listas de melhores álbuns do estilo e é, inegavelmente, uma pérola irretocável do gênero.

♫ “I warn you of the fate
Proven true to late
Your tongue twist perverse
Come drink now of this curse
And now I fill your brain
I spin you round again
My poison fills your head
As I tuck you into bed
You feel my fingertips
You won’t forget my lips
You’ll feel my cold breath
It’s the kiss of death” ♫

♫ “But now I’m safe in the eye of the tornado
I can’t replace the lies, that let a 1000 days go
No more living trapped inside
In her way I’ll surely die
In the eye of the tornado, blow me away” ♫

Nota: 10,0

Integrantes:

Faixas:

  • 1.Holy Wars…The Punishment Due
  • 2.Hangar 18
  • 3.Take No Prisoners
  • 4.Five Magics
  • 5.Poison Was the Cure
  • 6.Lucretia
  • 7.Tornado of Souls
  • 8.Dawn Patrol
  • 9.Rust In Peace… Polaris

Redigido por Fabio Reis

CONFIRA A RESENHA DE OUTRO DOS PRINCIPAIS CLÁSSICOS DO MEGADETH, “PEACE SELLS… BUT WHO’S BUYING” (1986):

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -