PUBLICIDADE

Black Sabbath: “não era realmente o Black Sabbath porque Bill não estava lá”, diz Ozzy sobre reunião

Em um novo episódio do programa online “The Madhouse Chronicles”, co-apresentado pelo guitarrista Billy Morrison, Ozzy Osbourne, a lenda do Black Sabbath, discutiu a sua colaboração com o produtor de longa data Rick Rubin, e afirmou que Rubin foi fundamental para que o último álbum “13” acontecesse.

   

O músico admite que a ausência do baterista original Bill Ward na reunião do Black Sabbath lhe provoca o sentimento de história “inacabada”:

“Rick Rubin, eu o conheci há muito tempo, antes de ele fazer o álbum. E ele dizia: ‘Escute, se vocês voltarem a ficar juntos, você tem que me deixar produzir o álbum.’… E quando nos reformamos para fazer aquela turnê de [1997], gravamos o álbum ao vivo, ‘Reunion’ [de 1998]. Ele realmente entra no estúdio e vai – tínhamos duas faixas bônus de estúdio que foram incluídas no álbum – ele diz, ‘Eu gosto dessa faixa, mas não gosto dessa faixa’, e saiu. E então, com o passar do tempo, Sharon disse para mim, ‘Rick Rubin quer que você faça um álbum com ele.'”

Ozzy também confessa que a banda considera que determinados aspectos do álbum “13” são “incomuns”, mas fica reticente ao usar a palavra “crítica”:

“A única crítica que tenho sobre o álbum – não crítica; a coisa que todos nós achamos difícil de fazer, nenhum de nós teve muita contribuição. Então foi como voltar direto ao início, quando tínhamos Rodger Bain e nós não sabíamos sobre o double track e tudo mais. Se você tem um produtor, você não produz sozinho porque Tony basicamente produziria todos os álbuns depois de um certo tempo, e tudo isso.”

Ao refletir sobre a ausência de Bill Ward no disco em razão de uma “disputa contratual”, Ozzy disse:

“Não consigo me lembrar por que Bill não fez isso. Tenho que ser sincero. Não era realmente o Black Sabbath porque Bill não estava lá. Quero dizer, se você tivesse Ginger Baker tocando com os Beatles, não seriam os Beatles.”

Mas será que Ozzy ficou satisfeito sobre a forma como o Black Sabbath chegou ao fim? Ele respondeu:

“Não. Porque não foi o Black Sabbath que terminou. Está inacabado. Se eles quisessem fazer mais um show com o Bill, eu aproveitaria a chance. Sabe o que seria legal? Se fôssemos a um clube ou algo sem aviso prévio e nos levantássemos e fizéssemos. Começamos em um clube.”

Bill Ward deixou a banda no início de 2012, cancelando planos de trabalhar no álbum”13″, lançado em junho de 2013.

reprodução
PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -