PUBLICIDADE

Virgin Steele: novo single ‘Spiritual Warfare’ é lançado e traz velhos problemas de volta à tona

A veterana banda originada no famoso US Power oitentista, Virgin Steele, disponibilizou um novo single chamado ‘Spiritual Warfare’, após cinco anos do lançamento de 3 álbuns de estúdio simultâneos apresentados em 2018. A faixa fará parte do mais novo registro de estúdio chamado “The Passion of Dionysus”, com previsão de lançamento marcada para o próximo dia 30 de junho, via SPV/Steamhammer.

   

O vocalista David DeFeis comentou o seguinte sobre o vindouro disco:

“O álbum lida com o conceito de dualidade, onde algo é uma coisa e também é seu oposto simultaneamente. Obviamente tem a ver com Dionísio e, como o título sugere, sua ‘paixão’ ou ‘sofrimento’, sua vinda a Tebas para vingar a calúnia sofrida por sua mãe, bem como punir o rei de Tebas por negar sua adoração. Mas, Dito isto, tem mais coisas acontecendo. Eu vejo o VIRGIN STEELE como um estilo de vida. A banda é meu veículo com o qual atravesso vastos oceanos de experiência. Estamos sempre fazendo as coisas do nosso jeito, em nossos próprios termos específicos.”

O Virgin Steele sempre foi uma banda bastante original e ao longo das décadas de 80 e 90, até meados dos anos 2000, conseguíamos entender o direcionamento musical proposto e era possível viajar junto com DeFeis por suas jornadas musicais fantásticas. Acontece que o cantor entrou em um ciclo megalomaníoco infindável onde cada trabalho, principalmente, estes mais recentes, se transformaram em verdadeiras sessões de tortura até para os fãs mais devotados.

Já não contando com a aprovação de boa parte dos fãs desde “The Book of Burning”, de 2002, “Nocturnes of Hellfire & Damnation”, de 2015, apesar de ser um disco duplo e com longa duração, ainda trazia algumas canções interessantes e continha resquícios do que o Virgin Steele foi um dia. Já a trinca “Ghost Harvest – Vintage I: Black Wine for Mourning”, “Ghost Harvest – Vintage II: Red Wine for Warning” e “Gothic Voodoo Anthems”, todos lançados em 2018, evidenciaram um músico auto indulgente, sem comprometimento com a musicalidade representada por ele mesmo no passado e, o pior, não dando a mínima para o fato de estar jogando o nome Virgin Steele na lata do lixo. Ouvir estes últimos trabalhos em sequência é uma tarefa ingrata. Músicas maçantes, sem criatividade, sem peso, sem instrumentais minimamente elaborados e repleto de faixas desnecessariamente longas, os trabalhos focam em te mostrar o quanto DeFeis tem o controle de sua voz. Não faltam gemidos, sussuros, agudinhos, gritinhos, chiliques e outras coisas irritantes que não levam o ouvinte a lugar nenhum.

Você pode estar se perguntando: “mas por que relembrar de toda essa possilga?”

A resposta é simples, apesar do instrumental Heavy presente no novo single, a produção é absolutamente ruim, as guitarras estão magrinhas, os demais instrumentos estão ali apenas como pano de fundo para os vocais de DeFeis, que foram gravados mais altos e com tantos efeitos que quase não é possível reconhecer sua voz. Ah, os gritinhos e demais chiliques também estão todos de volta e isso me faz pensar que este deve ser o disco que conseguirá finalmente enterrar de vez a carreira da banda.

O tracklist do álbum será:

  1. The Gethsemane Effect
  2. You’ll Never See The Sun Again
  3. A Song Of Possession
  4. The Ritual Of Descent
  5. Spiritual Warfare
  6. Black Earth & Blood
  7. The Passion Of Dionysus
  8. To Bind & Kill A God
  9. Unio Mystica
  10. I Will Fear No Man For I Am A God

Os músicos envolvidos nesse disco são:

David DeFeis – vocais, teclados, baixo, bateria e orquestração
Edward Pursino – guitarra
Josh Block – guitarra

PUBLICIDADE

Comentários

  1. Rapaz… Virgin Steele é mais uma banda digna do rotulo “injustiçada”. O que essa banda produziu nos anos 80/90 é de uma absurda qualidade. Sobre a Spiritual Warfare, eu achei ok, me remetendo um pouco (só um pouco, quase microscópico) do som de outrora. Os teclados ainda incomodam bastante. Mas de forma tímida. Gostei bastante do segundo single, o The Gethsemane Effect. O que me deu uma esperancinha para esse novo disco. Fã do Virgin Steele sofre as vezes rsrsrs.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -