PUBLICIDADE

Vale à Pena Ouvir de Novo!: Running Wild – “Death Or Glory”

Álbum escolhido: Running Wild – “Death Or Glory” (1989)

   

R.I.P Majk Moti (1957-2023)

Nascido em 29 de agosto de 1957, em Wuppertal (Alemanha), cidade localizada na região da Renânia do Norte, situada às margens do rio Wupper, Michael Kupper (Majk Moti) integrou a banda alemã Running Wild, na década de 80, assim que substituiu o guitarrista Preacher (Gerald Warnecke).

Logo após o lançamento de “Gates To Purgatory” em 1984, o Running Wild tem sua primeira baixa com a saída de seu guitarrista original, Preacher.

No entanto, rapidamente, é recrutado um novo integrante, Majk Moti.

Sua estreia aconteceu no disco seguinte, “Branded and Exiled”, em 1985.

Além disso, do supracitado “Branded and Exiled”, Moti gravou “Under Jolly Roger” (1987), “Port Royal” (1988) e “Death Or Glory” (1989), além dos Ep’s “Bad To The Bone” (1989) e “Wild Animal” (1990), este o último registro oficial como guitarrista.

RUNNING WILD / Live / Reprodução / Acervo

Após deixar o Running Wild, em 1990, Moti trocaria as guitarras por computadores, já que o mesmo trabalhou como programador de computador e posteriormente em uma empresa de publicidade digital.

Os anos 90 trouxeram-no de volta a música, participando como convidado especial em discos de bandas como Burning Point, Lonewolf e Orden Ogan.

Majk Moti

Porém, o guitarrista também integrou bandas pouco conhecidas como Metallian, Gate, Randon, Wild Knight e D’orca, este último ao lado de sua esposa Melanie D’orca Ruiz.

Posteriormente, em uma de suas entrevistas em 2008, o músico explicou a origem de seu nome artístico, Majk Moti. Pois, segundo ele, quando os integrantes do Running Wild usavam apenas seus primeiros nomes, ele achou Mike (seu primeiro nome) “muito chato”, mudando-o para Majk.

Aliás, na ocasião, ele namorava uma garota indiana (Moti), quando resolveu acrescentar o nome dela ao seu, dando origem a Majk Moti, seu novo nome.

“Death Or Glory” saiu em novembro de 1989.

Enfim, em nossa homenagem ao legado deixado por Majk Moti, escolhemos o álbum “Death Or Glory”, 5º registro oficial dos alemães, lançado em novembro de 1989.

   

Contendo 10 faixas inéditas, é considerado pelos fãs da banda como um dos mais importantes de sua discografia, o disco figurou na 45a posição da German Albums Offizielle Top 100.

Michael “Majk Moti” Kupper faleceu aos 65 anos de idade, em 16 de fevereiro de 2023. Contudo, a causa da morte não foi divulgada.

Michael “Majk Moti” Kupper / Divulgação / METALARCHIVES

Algumas observações sobre o músico e banda:

  • *Em 2010, o guitarrista participou do videoclipe para a música “We Are Pirates” da banda alemã de Power Metal, Orden Ogan.
  • *Em 2005 a revista Rock Hard classificou “Death or Glory” na 285a posição na lista dos “500 melhores álbuns de Rock e Metal de todos os tempos”, enquanto a revista Metal Hammer elegeu o disco como um dos “25 melhores álbuns de Power Metal de todos os tempos”.
  • *Em 1995, “Death Or Glory” ganhou relançamento: Em sua nova versão o disco apresenta 5 faixas bônus.
  • *Em 2017, saiu uma nova versão remasterizada, além de um disco bônus contendo 7 faixas extraídas dos EPs “Bad To The Bone” e “Wild Animal”, além de duas faixas regravadas.
  • *Majk Moti também participou dos álbuns “Ready for Boarding”, disco ao vivo lançado em fevereiro de 1988 e “Death Or Glory Tour”, editado em junho de 1990 em versão VHS.
  • *Em uma entrevista concedida em 2008, o guitarrista falou sobre os tempos em que esteve no Running Wild. O músico disse:

“Os primeiros meses foram realmente incríveis. Eu vim de uma pequena banda do interior e fiz meu primeiro show no festival de Loreley para 12.000 pessoas, o que foi absolutamente legal. A turnê com o Motley Crue foi muito emocionante e também a turnê nos EUA que se seguiu, apesar de todos os problemas. Eu não apagaria nada, tudo pertence à minha experiência de vida, tanto as coisas boas quanto as ruins e sem eles eu seria uma pessoa diferente hoje”.

Aos amantes do bom e velho Heavy Metal…Vale a pena ouvir de novo.

Integrantes:

  • Rock’n’Rolf (vocal, guitarra)
  • Majk Moti (guitarra, vocal)
  • Jens Becker (baixo)
  • Iain Finlay (bateria)

Faixas:

  • 1.Riding the Storm
  • 2.Renegade
  • 3.Evilution
  • 4.Running Blood
  • 5.Highland Glory (The Eternal Fight)
  • 6.Marooned
  • 7.Bad to the Bone
  • 8.Tortuga Bay
  • 9.Death or Glory
  • 10.Battle of Waterloo
  • 11.March On

REDIGIDO POR: GEOVANI “RAMMSTEIN” VIEIRA

Quem é Mundo Metal?

Mundo Metal nasceu em 2013, através de uma reunião de amigos amantes do Rock e Metal. Com o objetivo de garimpar, informar e compartilhar todos os bons lançamentos, artistas promissores e tudo de melhor que acontece no mundo da música pesada.

Despretenciosamente, veio o grupo e depois a página no Facebook, aos poucos passamos a utilizar outras redes como Instagram e Youtube e, posteriormente, nosso site oficial veio a luz. Apesar de todas as dificuldades da vida cotidiana, nunca desistimos de nossos objetivos e, hoje, nosso site está em franca expansão.

Sejam muito bem-vindos a nossa casa e desejamos de coração que voltem sempre.

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -