PUBLICIDADE

Vale a pena ouvir de novo!: Helloween – “Master Of The Rings”

“Master Of The Rings” do Helloween é o álbum a receber a homenagem de hoje.

   

Dezembro de 1994:

Liderado pelo guitarrista Michael Romeo, o quinteto americano de Prog Metal, Symphony X, lançava seu álbum de estreia homônimo.

A excelente recepção da demo,”Dance Macabre“, foi fundamental para o grupo iniciar uma carreira de discos relevantes que viriam nos anos seguintes.

A saber, nesta época, o vocalista era Rob Tyler, que abandonou a banda oito meses antes do lançamento de “The Damnation Game”, segundo trabalho que marcou a estreia de Russell Allen.

Junho de 1994:

Bruce Dickinson, na época, ex-vocalista do Iron Maiden, lançava “Balls To Picasso”, segundo trabalho de sua carreira solo, contendo 10 faixas inéditas.

Alavancado pelo sucesso estrondoso da canção “Tears Of The Dragon”, o disco figurou nas paradas de sucesso de países como Suécia, Suíça, Alemanha, Reino Unido, Finlândia, Brasil e outros.

Ademais, figurou na 184a posição da Billboard 200 US.

Helloween:

Enquanto isso, em 8 de julho do mesmo ano, os alemães do Helloween lançavam “Master Of The Rings”, sexto álbum da carreira e o primeiro a contar com os vocais de Andi Deris, ex-Pink Cream 69.

Contendo 11 faixas inéditas, o disco chegava às lojas oito meses após o conturbado e massacrado “Chameleon”, último registro a contar com os vocais de Michael Kiske.

   

Em “Master Of The Rings”, o grupo abraçava o Melodic Power Metal, estilo que havia sido deixado de lado no disco anterior, “Chameleon”.

HELLOWEEN / “Master Of The Rings” / Line-up

A entrada de Andi Deris deu ao Helloween um novo fôlego, agradou em cheio os fãs antigos da banda que nutriam certa insatisfação com “Pink Bubbles Go Ape” e o já citado “Chameleon”, selando enfim a paz entre eles e e banda.

Sucesso do “Master Of The Rings”:

Ainda sobre a receptividade do novo trabalho, o mesmo atingiu números expressivos de vendas, figurando nos charts de vários países.

Sobretudo na Suíça (22a posição), Alemanha (23a posição), Suécia (26a posição) e Austrália (34a posição).

A saber, os singles “Mr.Ego”, “Sole Survivor”, “Perfect Gentleman” e “Where The Rain Grows” foram os grandes responsáveis pelo sucesso e excelente momento da banda perante seus fãs.

Além de Andis Deris, o disco também marcava a estreia do baterista Uli Kusch (ex, Gamma Ray) substituindo Ingo Schwichtenberg, falecido em 8 de maio de 1995.

Além disso, em 2006, o álbum ganhou relançamento.

A nova versão trouxe um CD bônus contendo sete faixas incluindo covers de Thin Lizzy, Kiss e Grand Funk Railroad.

HELLOWEEN / Reprodução / Acervo

Ao propósito, sobre as gravações e o lançamento que ocorreram em tempo recorde, o baixista Markus Grosskopf disse:

“Foi muito rápido porque havia algumas canções que o Weiki [Michael Weikath, guitarrista] fez e o Roland [Grapow, segundo guitarrista] tinha algumas coisas e então combinado com as coisas que o Andi trouxe à banda, sabe, foi muito funcional e incrível porque tudo foi tão rápido. Nós tínhamos uns três meses para ensaiar e então o estúdio estava agendado e… Foi uma sessão muito rápida e eu meio que gostei daquilo. Houve também uma mudança de baterista porque nós pegamos o Uli Kusch, mas nós ainda fizemos tudo naqueles três meses.”

PS:

   

Em 24 de março de 1996, os alemães se apresentaram no Festival Philips Monsters of Rock, no Estádio do Pacaembu em São Paulo, contudo ao lado de nomes como Iron Maiden, Motörhead, King Diamond, Mercyful Fate e outros.

Aos amantes do bom e velho Melodic Power Metal… Vale à Pena Ouvir de Novo.

Faixas:

  • 01.Irritation
  • 02.Sole Survivor
  • 03.Where The Rain Grows
  • 04.Why?
  • 05.Mr. Ego (Take Me Down)
  • 06.Perfect Gentleman
  • 07.The Game Is On
  • 08.Secret Alibi
  • 09.Take Me Home
  • 10.The Middle Of A Heartbeat
  • 11.Still We Go

Integrantes:

  • Andi Deris – Vocais
  • Michael Weikath – Guitarra
  • Roland Grapow – Guitarra
  • Markus Grosskopf – Baixo
  • Uli Kusch – Bateria

Texto: Geovani “Prisão de Ventre” Vieira

Quem é Mundo Metal?

Mundo Metal nasceu em 2013, através de uma reunião de amigos amantes do Rock e Metal, com o objetivo de garimpar, informar e compartilhar todos os bons lançamentos, artistas promissores e tudo de melhor que acontece no mundo da música pesada.

Primeiro veio o grupo, depois a página no Facebook, Instagram, Youtube e, mais recentemente, nosso site oficial veio a luz. Apesar de todas as dificuldades da vida cotidiana, nunca paramos de crescer.

Sejam muito bem-vindos a nossa casa e desejamos de coração que voltem sempre que quisererem.

Todos os dias publicamos notícias, indicações, resenhas e artigos que interessam aos que são, como nós, amantes do Rock e de todos os subgêneros tradicionais do Heavy Metal.

Além disso, divulgar a underground está entre os nossos preceitos.

   

Portanto, se vocês amam a música pesada de alguma forma, o lugar de vocês também é aqui conosco

PUBLICIDADE

Comentários

  1. Sempre vale a pena ouvir esse clássico e muitos outros clássicos, traz muitas lembranças boas da época em termos de tudo!!!! Dessa época e fase, considero Blind Guardian, Stratovarius e Helloween os grandes representantes do estilo!!!! Lembro de pegar esse disco e fazer uma cópia em fita cassete…onde guardava na minha caixa de sapatos, bons tempos dessa fase mais tosca e sem internet!!!! Gosto muito dos Riffs que paira nesse álbum e da voz de Andi Deris, valeu!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -