[ Vale a pena ouvir de novo! ] Edguy – “Mandrake” (2001)

PUBLICIDADE

Abril de 2001: Os americanos do Savatage lançavam “Poets and Madmen”, décimo primeiro álbum da carreira.

O disco foi o primeiro desde “Streets: A Rock Opera”, lançado em 1991, voltando a apresentar o vocalista original, Jon Oliva, nos vocais principais após a partida amigável de Zachary Stevens. É também o primeiro a ter o guitarrista Chris Caffery tocando a maioria dos solos. Isso se deve em parte à saída de Al Pitrelli, que o fez para se juntar ao Megadeth antes do lançamento.

Bem recebido pelos fãs, “Poets and Madmen” figurou nas paradas musicais da Alemanha, Áustria, Holanda, Suíça e na 49a posição da Billboard Americana.

Novembro de 2001: A banda paulista Angra lançava “Rebirth”, 4º álbum da carreira e o primeiro após sua reformulação.

Conceitual, bem recebido e considerado pelos fãs como um de seus melhores discos, o novo trabalho marca as estreias do vocalista Edu Falaschi (ex Mitrium, Symbols, Venus), Felipe Andreoli (baixo) e Aquiles Priester (Hangar) na bateria.

Em 2019, a revista Metal Hammer classificou “Rebirth” como o 15º melhor disco de Melodic Power Metal de todos os tempos.

Enquanto isso: Os alemães do Edguy lançavam “Mandrake”, quinto e excelente álbum da carreira, trazendo uma leve mudança no seu estilo característico, apresentando algumas composições que flertam com o Hard Rock.

Contendo 12 faixas, “Mandrake” figura na lista dos discos de maior sucesso do quinteto em um momento onde o chamado “Heavy Melódico” estava no auge.

O disco marca a despedida da banda da gravadora AFM Records, já que mais tarde eles seriam contratados pela Nuclear Blast.

Após quatro discos significativos, “Mandrake” marcou uma ascensão na escalada musical do Edguy e figurou na 19a posição da Alemanha, 46a posição da França e 32a posição na Suécia.

Na lista de convidados especiais, a presença de Bob Rock, engrossando o coro dos Backing Vocals.

Em 2017, a Loudwire classificou “Mandrake” como o 20º melhor disco de Melodic Power Metal de todos os tempos.

*A faixa “All The Clowns”, ganhou videoclipe.

Aos amantes de Power e Melodic Power Metal… Vale a Pena Ouvir de Novo.

  • Faixas:
  • 1.Tears of a Mandrake
  • 2.Golden Dawn
  • 3.Jerusalem
  • 4.All the Clowns
  • 5.Nailed to The Wheel
  • 6.The Pharaoh
  • 7.Wash Away The Poison
  • 8.Fallen Angels
  • 9.Painting on The Wall
  • 10.Save Us Now
  • 11.The Devil and The Savant
  • Integrantes:
  • Tobias Sammet (vocal, teclado)
  • Jens Ludwig (guitarra)
  • Dirk Sauer (guitarra)
  • Tobias Exxel (baixo)
  • Felix Bohnke (bateria)
  • Redigido por: Geovani Vieira


PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE
PARCEIROspot_img

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,663SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
151SeguidoresSeguir
960InscritosInscrever

Últimas Publicações