PUBLICIDADE

Trinca De Ases : Ambush -“Firestorm”, “Desecrator”, “Infidel”

Ambush, uma das mais proeminentes bandas da Nova Onda do Heavy Metal Tradicional (NWOTHM) não poderia vir de outro lugar, se não da gélida Suécia, berço de nomes de altíssimo nível como os poderosos Unleashed (Death Metal), Opeth (Progressive Metal) e Entombed (Death Metal). Mas nem só de Metal extremo vive o país nórdico, a Suécia é um dos maiores importadores de Heavy Metal tradicional dos últimos anos. Além do já citado Ambush, temos também Enforcer, Air Raid, RAM, Screamer, entre outras, entre as principais representantes da nova safra de Heavy Metal.

   

Formada no ano de 2013, na cidade de Växjö, Ambush se tornou aquele tipo de banda que dispensa demais apresentações, com exceção do nome de seus integrantes, talvez. Desde o lançamento da demo intitulada “Demokasset”, lançada em 2013, podemos constatar que o Metal tradicional faz parte do DNA dos suecos, dada a maestria como conseguem fazer discos, que mais parecem ter sido escritos entre os anos de 1979 e 1983 e soam muito bem nos dias atuais. Um ano depois de sua fundação, sem perda de tempo, foi dado o início a uma sequência intimidadora de registros, colocando no bolso até alguns dos veteranos do Heavy.

Ambush/Reprodução

Em 2014, é lançado “Firestorm“, primeiro full-lenght já dizendo a que veio. Um registro extremamente empolgante com musicas grudentas e cheias de nostalgia, um inicio de respeito.

Logo no ano seguinte, mais precisamente em outubro de 2015, vem a segundo carta dessa trinca, com o lançamento de “Desecrator”. De cara podemos notar como a banda evoluiu muito de um registro para o outro, com uma produção e mixagem acima da média, riffs mais potentes e diretos e, o que na opinião deste que vos escreve, é maior destaque, o desempenho vocal de Oskar Jacobsson. Eles usam e abusam dos principais e indispensáveis elementos que são ingredientes do gênero.

Em janeiro de 2020, quase 5 anos depois, Ambush volta a dar as caras e fecha com honras umas das trincas mais sólidas e notáveis dos últimos anos, com o lançamento de “Infidel”, terceiro full lenght da banda e um dos, se não o melhor álbum de Heavy de 2020. Temos aqui mais um exemplo daquela velha consolidação após o terceiro disco lançado, toda aquela fórmula apresentada pela banda desde “Firestorm” é executada de maneira mais madura e mais centrada aqui, todos os elementos dos registros anteriores são elevados e agraciados com uma produção ainda melhor, sem dúvida, esse espaço de 4 anos e alguns meses fez muito bem para a banda. Como parte dos principais da nova geração, Ambush apresenta o mais puro e tradicional Heavy Metal, sendo feito com muita convicção e um sentimento único de nostalgia que arrebata os seus adeptos mais antigos e apresenta essa mesma sonoridade para o público mais jovem.

Redigido por: Giovanne Vaz

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -