PUBLICIDADE

Slayer: Kerry King conta o motivo de ter escolhido não permanecer no Megadeth

Em 1984, logo após o lançamento do álbum de estreia do Slayer, ‘Show No Mercy’, o Megadeth procurava um segundo guitarrista. Os integrantes do Megadeth haviam ficado fasciandos quando ouviram Kerry King tocando sua guitarra. Então, foi convidado por Dave Mustaine para se unir ao Megadeth. King aceitou o convite e fez cerca de cinco shows com a banda.

   

Em recente entrevista à Metal Hammer, Kerry King falou sobre seu curto período com o Megadeth e revelou porque ele não quis continuar, dizendo:

“Bom, eu fiz cinco shows, e então Dave queria que eu ficasse, mas eu não tinha nenhuma razão para ficar porque eu tinha o Slayer. Lembro-me de ter uma conversa com ele e dizer tipo, ‘sim, mas nós temos todas essas coisas obscuras’, e Mustaine dizendo algo como ‘bem, nós temos essa música, é bem satânica’, e eu estava tipo, ‘no final do dia, cara, não é sobre isso. Eu vim brincar com vocês. Acho que foi espetacularmente bem, mas é hora de voltar para minha banda.'”

Recentemente, Kerry King também declarou que a aposentadoria do Slayer chegou muito cedo para ele, e que ele deseja continuar fazendo música. Atualmente o guitarrista trabalha em um novo projeto e , de acordo com os rumores, ele contará com alguns nomes notáveis ​​como Paul Bostaph, Phil Anselmo e Gary Holt.

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -