PUBLICIDADE

Skid Row: “nunca foi sobre dinheiro, eu escolho ter minha felicidade”, diz Sabo sobre reunião com Bach

Apesar das recentes entrevistas com o ex-vocalista do Skid Row, Sebastian Bach, onde o cantor afirma que uma reunião com sua antiga banda é apenas questão de tempo, este discurso parece não estar muito alinhado com o que dizem os atuais membros da banda.

   

Se para Bach, tudo se resume a uma falha de comunicação e a situação se resolveria com o envio de um simples e-mail, para o guitarrista Dave “Snake” Sabo, o buraco é mais embaixo.

Em uma nova entrevista concedida ao The Hook Rocks, o guitarista respondeu se o Skid Row já está almejando um novo vocalista após a saída do sueco Erik Grönwall por questões de saúde. Dave disse o seguinte:

“Não temos como alvo ninguém. Se quisermos continuar como Skid Row, teremos que contratar outro vocalista, mas não temos ninguém como alvo. Há muitos vocalistas ótimos. Mas Lzzy Hale simplesmente elevou o sarrafo. Cara, ela veio aqui e realmente elevou o sarrafo e nos mostrou um outro lado do que essa banda poderia ser. Então, não precisamos necessariamente que seja um cantor masculino no Skid Row. As opções estão abertas. Há muitos talentos por aí, mas só queremos ter certeza de que faremos a escolha certa e que poderemos levar a banda a outro nível.”

Reprodução/Youtube

Devido aos recentes comentários e afirmações proferidos por Sebastian Bach, Sabo foi pressionado se algo havia mudado em relação a este posicionamento e se uma reunião com o ex-vocalista seria possível. O guitarrista foi incisivo. Veja:

“Bem, a resposta tem sido a mesma para, não sei, 20.000 pessoas ao longo dos anos. Isso não vai acontecer. E digo a mesma coisa todas as vezes. Estou grato que as pessoas tenham tanto interesse em querer ver isso acontecer, mas também tenho que reiterar que se trata de sermos felizes na atual situação em que estamos. Falarei por mim, pessoalmente.

Em primeiro lugar, preciso dizer uma coisa também: a razão pela qual isso não está acontecendo é porque somos três, eu, Scott Hill e Rachel Bolan, nós que conversamos sobre isso, e todos nós concordamos que não queremos seguir esse caminho novamente.

Reprodução/Divulgação

Rachel levou uma surra da imprensa por causa disso ao longo dos anos. Ele foi considerado o culpado por isso, era algo como, ‘oh, é o ego de Rachel e isso e aquilo’. Não, isso é um monte de besteira. Isso não é verdade. E eu me sinto mal porque ele realmente teve que assumir essa culpa e nunca disse nada depreciativo ou algo assim. Rachel , Scott e eu sempre sentimos o mesmo, nós gostamos de ser felizes nesta banda e estamos muito felizes agora.

No entanto, tem sido uma ótima experiência nos últimos 35 anos. Me refiro a tudo, todos os altos, todos os baixos, tudo. Só que simplesmente não queremos revisitar esse aspecto particular da nossa história. Eu amo as músicas, amo muitas das memórias e não gosto de algumas das memórias, mas apenas como indivíduos e como um coletivo, é assim que nos sentimos. Então, isso não é uma questão de Rachel. E isso não tem nada a ver com o ego de ninguém ou algo assim, então isso só precisa ficar claro. Mais uma vez, para alguém sentar aí e fazer suposições de que é Rachel Bolan dizendo ‘não’, não é isso. Somos nós três dizendo não. Todos nós sentamos lá e dissemos que não queremos fazer isso e desejamos a todos tudo de bom.

Acabamos de ser despedaçados por ex-membros da banda e outras coisas, fomos destroçados. Algumas coisas realmente ruins foram ditas sobre todos nós. E nós simplesmente escolhemos não responder. Não é quem eu sou. Não é quem nós somos. Nós não vamos seguir esse caminho. Nós só queremos tocar música e ser felizes. Isso realmente nunca foi sobre o aspecto monetário das coisas, porque é sabido que nos foi oferecido uma quantidade muito boa de dinheiro para fazer shows juntos e se reunir com Sebastian e tudo o mais. Mas nunca foi sobre dinheiro, cara, eu escolho ter minha felicidade, minha vontade de continuar a ser um bom amigo para meus melhores amigos. Quero continuar sendo um bom marido e um ótimo pai, um bom companheiro de banda e uma boa pessoa. E eu não quero colocar isso em risco de forma alguma. Então, as pessoas com quem escolhemos tocar, essas escolhas são feitas para manter essas coisas específicas alinhadas para todos nós.”

Em outras palavras, Dave “Snake” Sabo diz que ter Sebastian na banda iria trazer situações que gerariam a infelicidade dele e dos outros membros. Além disso, as coisas que Sebastian poderia fazer afetariam o particular dos demais integrantes. Pesado.

Deixe sua opinião no espaço destinado aos comentários.

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -