Sepultura: Max relembra viagem em 1988 para assinar com grande gravadora em NY

PUBLICIDADE

Em 1988, o Sepultura assinou o seu primeiro grande contrato com a RoadRunner Records e, depois disso, o resto é história. Mas, antes da assinatura, foi extremamente difícil e trabalhoso para o quarteto mineiro conseguir entregar algumas cópias de suas músicas para as gravadoras internacionais. Devemos lembrar que vivíamos em uma época totalmente diferente da atual e o envio de arquivos em formatos digitais não era sequer um sonho dos headbangers e executivos.

Em uma nova entrevista concedida ao jornalista Kevin Diers da rádio KISW 99.9, o eterno ex-frontamn do Sepultura, Max Cavalera, relembrou da sua jornada árdua até a assinatura do contrato. Dentre algumas coisas que fez, Max teve que se passar por funcionário da Pan American World Airways para conseguir uma passagem de graça. Ao chegar na cidade de Nova York, Max distribuiu cópias do disco Schizophrenia em diversas gravadoras. Ele relembrou este episódio:

“Bem, ‘Beneath The Remains’ é muito especial. É uma jornada na verdade que envolve todo o álbum, porque para mim essa jornada do álbum realmente começou quando lançamos ‘Schizophrenia’. Foi o último álbum com a gravadora brasileira Cogumelo Produções. Ganhei uma passagem grátis para ir a Nova York como funcionário da Pan Am. Então puxei meu cabelo para trás e simplesmente ganhei… minha mãe me comprou um terno barato de cinco dólares, sabe? Tipo um terno muito, muito ruim, mas Eu parecia muito um oficial, eu tinha o distintivo da Pan Am, sabe, como um funcionário. Era a única maneira de conseguir a passagem grátis, cara.

Vim para Nova York por dois dias e apenas dei às pessoas cópias do ‘Schizophrenia’, Metal Blade, Combat, Noise Records e Roadrunner. Durante meu tempo em Nova York, fui assaltado e me roubaram cinco dólares na 42nd perto da Broadway. Um cara colocou uma faca na minha garganta. Eu tinha cinco dólares nos meus bolsos, eu estava tipo ‘aqui cara. Pegue’. Puta merda, Saí da terra do crime no Brasil para ser assaltado em Nova York.”

O atrevimento, a determinação e a força de vontade do jovem Max em desafiar tudo e todos acabou gerando os frutos que todos nós conhecemos. As ações do músico em NY resultaram no sonhado contrato e alguns anos mais tarde o Sepultura se tornaria a maior banda brasileira de todos os tempos. É, podemos afirmar que valeu a pena.

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE
PARCEIROspot_img

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,663SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
149SeguidoresSeguir
960InscritosInscrever

Últimas Publicações