PUBLICIDADE

Robert Plant reflete sobre o fim do Led Zeppelin e as coisas que ainda o motivam a continuar cantando

O icônico vocalista do Led Zeppelin, Robert Plant, hoje com 73 anos de idade, relembrou as inúmeras sugestões de que ele se aposentasse do mundo da música após o fim do Led Zeppelin, em 1980. Plant revelou que isto serviu como um incentivo para ele manter “o pé no pedal” e seguisse em frente fazendo o que mais gostava.

“É prerrogativa de um louco!”

Disse Plant em entrevista ao jornal britânico The Telegraph.

   

Ele resumiu sua experiência no Zeppelin em apenas três frases curtas, dizendo:

“Fizemos uma ótima música. Tivemos um momento grandioso. E então acabou.”

Photo: Jim Dyson/Getty Images

“Eu tinha 19 anos nos primeiros ensaios do Led Zeppelin e tinha 32 quando John Bonham faleceu daquela forma horrível. As pessoas costumavam me dizer: ‘Bem, você já deve ter feito o suficiente em sua vida!’. ‘O suficiente para se aposentar com tranquilidade!’. Então, imagine a bênção de estar 40 anos mais adiante na estrada, e ainda não ser o suficiente para parar em qualquer aspecto. Sempre há algo novo para aprender, algum lugar novo para levar minha música. Eu amo isso.”

Como prova de seu desejo de continuar sua jornada musical, o seu álbum “Raise The Roof”, o segundo em parceria com a lenda do bluegrass, Alisson Krauss, foi lançado sexta-feira (19 de novembro) e foi acompanhado pelo anúncio de que a dupla fará shows nos Estados Unidos e na Europa no verão de 2022.

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PARCEIROspot_img

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
194SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações