PUBLICIDADE

Reunião de Skid Row com Sebastian Bach só depende de uma coisa (entenda!)

O histórico de brigas e polêmicas envolvendo o vocalista Sebastian Bach e o Skid Row é conhecido por todos os amantes do Hard Rock. Com a chegada do agora ex-integrante da banda, o cantor sueco Erik Gronwall, as questões que envolviam Bach e o grupo pareciam estar sepultadas de vez. Mas com o recente desligamento do músico, uma nova esperança brotou na cabeça dos fãs e do próprio Bach.

   

Sebastian está cogitando a ideia de uma reunião com o Skid Row há bastante tempo, na verdade, ele nunca desistiu desta possibilidade. O problema é que durante décadas este era um vislumbre que só parecia agradar uma das partes. Os músicos do Skid Row nunca se empolgaram com tal ideia e Bach seguia falando sempre que podia o quanto isto seria ótimo para ambos.

O tempo é o senhor de tudo e após um disco que finalmente agradou os fãs mais antigos, me refiro ao aclamado “The Gang’s All Here”, que alavancou o nome do Skid Row novamente como uma das grandes potências do gênero, não parece que os membros remanescentes estejam vendo com bons olhos a possibilidade de voltar ao ostracismo.

Reprodução

Obviamente, um retorno de Bach a banda, renderia um grande marketing e, recentemente, o cantor disse para Emma Jaye, da Screamer Magazine, em que pé está essa ‘negociação’ com o Skid Row:

Bach disse:

“Há toda uma narrativa de que não nos damos bem ou que eles não querem ficar na mesma sala que eu. Há coisas que descobri recentemente no lado comercial que posso dizer ao planeta Terra que isso não tem nada a ver com o que aconteceu em 96 ou com o fato de eu ser selvagem ou de não nos darmos bem. Isso agora é cem por cento uma coisa de negócios. E descobri uma merda que é verdade, A única coisa que está no nosso caminho é o lado comercial disso. Não posso dar todos os detalhes, mas não se trata de não nos darmos bem. É sobre descobrirmos como fazer isso funcionar no lado comercial. E espero que possamos descobrir isso. Estou pronto para descobrir, mas toda a narrativa de ‘ah, eles não gostam dele e ele é muito louco’, isso não é verdade.”

Sobre seu novo disco que será lançado dia 10 de Maio via Reigning Phoenix Music, “Child Within The Man”, terá a seguinte direção:

“Eu não quero fazer exatamente o mesmo disco indefinidamente, mas garanto que se você gosta do primeiro álbum do SKID ROW e se gosta de ‘Slave To The Grind’, você vai gostar de ‘Child Within The Man’. É impossível não gostar, porque eu tenho um baixista diferente e um baterista diferente, e sem desrespeito a ninguém, mas eu faço a mesma coisa como vocalista. Então, é como WHITE ZOMBIE e ROB ZOMBIe. há realmente uma grande diferença? Dito isto, eu adoraria um dia voltar com a banda antiga e fazer novas músicas com eles. Não estou cortando ou descartando isso de forma alguma. Eu adoraria fazer isso algum dia, mas este álbum é o próximo álbum do meu catálogo que inclui os álbuns que fiz com o SKID ROW porque faço a mesma coisa hoje em dia.”

É isso, segundo Sebastian Bach, a única coisa que impede uma reunião é um acerto financeiro que seja vantajoso para ambas as partes. O que vocês acham que vai acontecer? Deixem suas opiniões no espaço destinado aos comentários.

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -