Playlist: Slayer

PUBLICIDADE

Poucas bandas tiveram um início tão avassalador quanto o Slayer. Se pensarmos de maneira mais ampla, poucas bandas conseguiram lançar trabalhos tão diferenciados entre si. O detalhe é que os norte americanos conseguiram influenciar diversas escolas do Metal, incluindo a maturação e desenvolvimento de pelo menos dois grandes subgêneros: o Thrash e o Death Metal. Formada em 1981 pelos guitarristas Jeff Hanneman e Kerry King, logo recrutaram o baterista Dave Lombardo e o baixista/vocalista Tom Araya, o qual já havia tocado com King em uma outra banda. Devido ao fato de Kerry King ser um fã ardoroso da NWOBHM, o quarteto originário de Huntington Park, Califórnia, se apresentava tocando covers do Iron Maiden, Judas Priest e demais bandas britânicas. Foi quando em um show, Brian Slagel, fundador da Metal Blade Records, os viu em ação tocando “Phantom Of The Opera” (Iron Maiden) e resolveu apostar na banda. Nesta época, os norte americanos apostavam em um visual satânico com spikes, crucifixos invertidos, um pouco de corpse paint e muita pose de mal.

O contrato oferecido pela Metal Blade era daqueles “mui amigos” e a banda precisou financiar as gravações de “Show No Mercy” com seu próprio dinheiro. Para isso, usaram todas as reservas financeiras de Tom Araya e ainda pediram uma grana emprestada ao pai de Kerry King. Felizmente para todos nós, o álbum acabou vendendo cerca de 20 mil cópias somente nos Estados Unidos, a turnê foi um sucesso e o Slayer recebeu cartão verde para seguir adiante. De lá para cá, revolucionaram o Metal de diversas formas diferentes, tiveram uma extensa e produtiva carreira, lançaram uma coleção invejável de clássicos e, com todo o merecimento, são considerados uma das maiores bandas de Thrash Metal do mundo (senão a maior). Toda esta trajetória de sucesso será abordada em um outro artigo e vocês vão poder ter uma noção exata da grandiosidade e importância da banda para a cena. Aqui, a idéia é apresentar uma playlist que contenha músicas importantes de todas as fases da carreira dos norte americanos e sirva ou como fonte de pesquisa aos jovens ouvintes ou um momento de nostalgia aos fãs mais antigos. Com vocês, Slayer! Aperta o play e aumenta o volume.

Redigido por Fabio Reis

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE
PARCEIROspot_img

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,663SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
151SeguidoresSeguir
960InscritosInscrever

Últimas Publicações