PUBLICIDADE

Ozzy Osbourne: a incrível história do clássico que nasceu como uma piada e venceu o Grammy Awards

Para todos aqueles que vivem duvidando da visão musical que Ozzy Osbourne possui sobre a indústria fonográfica, o guitarrista Zakk Wilde revelou apenas um episódio que pode sintetizar todo a capacidade do ‘madman’ em fazer leituras corretas em ocasiões absolutamente despretensiosas.

   

Na última edição da revista Guitar World, o guitarrista contou um episódio peculiar de como uma simples piada de estúdio se tornou um dos maiores hits do álbum “No More Tears”. Zakk relatou:

“Estávamos no Joe’s Garage, a antiga casa de Frank Zappa, e estávamos tocando. Lembro que estava tocando o riff principal e depois passava por ele e parava. E então dizíamos algo no microfone como, ‘Como nunca conseguir um namorado’ ou ‘Não tenho emprego e moro com meus pais’. E então voltávamos para o riff. Éramos apenas nós no chão, chorando, rindo e vindo com todas essas coisas que ficávamos dizendo entre aquele riff. Então Ozzy entrou na sala e disse: ‘O que é aquilo?’. Eu fico tipo, ‘Do que você está falando?’. E ele disse, ‘aquilo que você está tocando. Aquele riff’. Eu disse, ‘oh, é só uma piada…’ E ele disse, ‘Nós vamos usar isso!’. A próxima coisa que me lembro é que ganhamos um Grammy com aquilo!”

O riff que Zakk estava tocando na ocasião era o de “I Don’t Wanna Change The World”. A música ganhou o Grammy Awards na categoria “melhor performance de Metal” em 1994.

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -