PUBLICIDADE

Música e Letra: Black Sabbath – “Eternal Idol”

  • Canção: “Eternal Idol”
  • Álbum: “The Eternal Idol”
  • Ano: 1987
  • Gravadora: Vertigo Records
  • Banda: Black Sabbath
  • Gênero: Doom Metal
  • Localidade: Birmingham/Inglaterra
  • Idioma: Inglês

Integrantes:

  • Tony Martin (vocal)
  • Tony Iommi (guitarra)
  • Bob Daisley (baixo)
  • Eric Singer (bateria)
  • Geoff Nicholls (teclado) R.I.P

Sobre a música

“Eternal Idol” é a faixa que encerra o décimo terceiro full lenght da história do Black Sabbath, “The Eternal Idol”, sendo também o disco de estreia com a voz de Tony Martin. A princípio, o saudoso Ray Gillen (Badlands) gravara esse album. Porém, ele deixou a banda para entrar no Badlands e Martin colocou as vozes definitivas no registro.

   

Sobre a letra:

A letra de “Eternal Idol” combina precisamente com sua parte instrumental, já que ambas soam o mais puro Doom Metal do primeiro ao derradeiro segundo. A letra trata, primordialmente, dos males de nosso mundo que são causados por nós mesmos, os quais serão os responsáveis por nossa destruição. Ou seja, quando o trecho abaixo menciona “o dia do seu julgamento chegou”, significa que é a hora do ser humano colher o que ele mesmo plantou. Além disso, a frase que diz “eu acredito que nenhum Deus pode nos salvar agora” significa que nenhuma entidade, seja humana ou sobrenatural, poderá nos salvar do destino que nós mesmos escrevemos.

“Ninguém disse que tinha que ser assim / Por que somos vítimas de sua palavra final? O mundo moribundo está nos matando tão lentamente / Eu acredito que nenhum Deus pode nos salvar agora / Você vê o que eu vejo? / Pecadores, façam suas orações esta noite / O dia do seu julgamento chegou / A criança de amanhã morrerá, nem sequer nascerá”

O trecho que vem depois fala das perguntas que cada ser humano faz para si mesmo desde que nasce. Cada um de nós espera que exista alguém que resolva todas as nossas questões e problemas, mas essa resposta sempre esteve em nós mesmos. Assim sendo, cabe a cada um de nós satisfazer as próprias demandas e, consequentemente, os problemas do mundo fazem parte dessas buscas.

“Parece que Jesus nunca ouve as nossas perguntas / Pode ser que morreremos pelas respostas / Será o preço que vamos pagar / Para encontrar a chave para nossas vidas / Existe um céu, existe um inferno? / Quem é esse Deus, me diga que não há Deus acima dele / Por que? Nós escolhemos o que Senhor é / No fundo de nossas almas / Ele não é uma coisa / Nós somos o espírito dele / Poderíamos salvar este mundo / Do dia da destruição / Você pode ver o que eu vejo? Você pode me ouvir chorar, sim? / Oh, Deus, você pode me ajudar agora? Pegue minha mão / Oh Deus”

O trecho final se refere aos detentores do poder no mundo, que são, ao mesmo tempo, os políticos e os bajuladores que os sustentam. O pensamento daqueles que estão no poder é e sera sempre sugar tudo o que produzimos, não importa os meios que tenham que utilizar a fim de conseguir o que pretendem. Mas quem dá poder a eles? Simplesmente, nós, pois tercerizamos as nossas responsabilidades e, dessa forma, os tornamos donos de nosso mundo e de nossas vidas.

“Você e eu somos vítimas da palavra deles / Enquanto os mestres do poder tentam envenenar o nosso mundo / Ganância, dinheiro tomou conta de suas almas / Apenas cérebros mecânicos, os políticos não sabem (a verdade) / Eles simplesmente não sabem, não sabem, não sabem”

“Eternal Idol”

“No one said it had to be this way
Why are we the victims of their final word?
Dying world is killing us so slowly
I believe no God may save us now
Can you see what I see?
Sinners, say your prayers tonight
Your judgement day is here
Child of tomorrow will die, not even born
Jesus our questions never seems to hear
Dying for the answers may be
Price we pay
To find the key to our lives
Is there a heaven, is there a hell?
Who’s this God, tell me there’s no God above
Why?
We choose what Lord
Deep within our souls
He’s not one thing
We are his spirit
We could save this world
From destruction day
Can you see what I see?
Can you hear me cry, yeah?
Oh, God, can you help me now?
Take my hand
Oh, God
You and I are victims of their word
As the masters of power try to poison our world
Greed, money taken over their souls
Just mechanical brains, politicians don’t know
They just don’t know, know, know”

Redação e Interpretação: Cristiano “Big Head” Ruiz

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -