PUBLICIDADE

Mundo Metal Entrevista: Bård Nordivk (Magick Touch)

Bård Nordivk, baterista do Magick Touch, banda norueguesa de Hard & Heavy Metal, cedeu entrevista ao redator do Mundo Metal, Cristiano Ruiz, falando sobre o seu mais novo lançamento, “Cakes & Coffins”, o qual foi lançado no dia 19/5/2023, pelo selo Edged Circle Productions e, além disso, respondendo questões sobre sua carreira. A fim de saber mais, confira o nosso bate-papo sobre o power trio da cidade de Bergen.

   
Bård Nordivk / Magick Touch / Reprodução / Facebook

Questões:

Mundo Metal: já faz algum tempo que acompanhamos o trabalho do Magick Touch. Ouvimos todos os full lenghts, embora tenhamos resenhado somente os dois últimos. Para nós, o som do trio é como uma receita de bolo preparada desa forma forma: 1 pitada de Kiss com vocais de Gene Simmons, 2 pitadas de Thin Lizzy, com mistura de Prog/Hard Rock, Heavy e muita técnica musical. A banda define seu próprio som dessa mesma maneira?

Magick Touch (Bård Nordivk, o baterista):

“Seria bom comer essa receita no almoço e no jantar qualquer dia! Porém, escrevemos as músicas sem uma receita específica. Geralmente um de nós apresenta um riff nos ensaios, e depois trabalhamos juntos, acrescentando mais riffs e arranjos até que todos fiquemos satisfeitos. Mas não é segredo que nossa formação musical e bandas favoritas influenciam quando escrevemos.”

Mundo Metal: por que Magick Touch adicionou elementos mais modernos à sonoridade do álbum “Cakes & Coffins”?

Magick Touch (Bård Nordivk):

“Não tenho certeza se há elementos mais modernos neste álbum em comparação com o anterior. Nosso objetivo sempre é trazer alguns elementos novos e não ser apenas uma banda retrô. Acho que alcançamos esse objetivo em todos os nossos álbuns. Mas ‘Cakes & Coffins’ certamente tem algumas músicas que exploram um território musical que nunca havíamos pisado antes.”

MAGICK TOUCH / Divulgação / Facebook

“M.I.N.A”

Mundo Metal: a sigla M.I.N.A, que dá nome à quarta música do novo álbum, tem algum significado literal ou é como N.I.B do Black Sabbath, que, primordialmente, não tem sentido algum?

Magick Touch:

“A letra é sobre um relacionamento venenoso, onde o vício sexual suprime a vontade de escapar do abuso. E neste caso há um resultado letal. A letra é inspirada no famoso romance de Bram Stoker, acho que você sabe qual. As letras têm um significado tanto como sigla quanto como referência, então continuem as especulações.”

Mundo Metal (nota): o romance o qual se refere o baterista Bård Nordivk, obra prima do escritor irlandês Bram Stoker, é “Drácula”, enquanto “M.I.N.A” é sobre a personagem Wilhelmina (“Mina”) Harker, esposa de Jonathan; Dr. John (“Jack”) Seward, psiquiatra presente na obra mencionada.

Mundo Metal: dos quatro álbuns lançados pelo Magick Touch, qual é o preferido da banda e qual é o preferido dos fãs?

Magick Touch:

“Para nós, sempre o mais recente “Cakes & Coffins”, essa só pode ser a resposta correta.
Esperamos que os fãs vejam a beleza de todos os nossos álbuns, todos eles têm sua própria vibração. Assim como nós mesmos fazemos”.

Mundo Metal: o intervalo de tempo entre os três primeiros lançamentos foi de aproximadamente 2 anos, mas entre “Heads Have Got to Rock’n’Roll” e “Cakes & Coffins” se passaram três anos. Mesmo que tenha sido lançado um álbum ao vivo nesse hiato, o motivo desse intervalo de tempo aumentado foi a COVID-19?

   

Magick Touch:

“Você acertou em cheio. Até mesmo ‘Heads…’ poderia ter sido adiado ainda mais, mas decidimos lançá-lo de qualquer maneira, pensando que era melhor ter a música disponível para as pessoas ouvirem enquanto estavam confinadas. Em retrospectiva, sabemos agora que a pandemia durou três anos, talvez não tenha sido a melhor decisão porque não conseguimos promover o álbum adequadamente. Então, sim, perdemos muito ímpeto devido ao vírus corona e agora precisamos trabalhar ainda mais para voltar onde estávamos. Esperamos que um álbum sólido nos ajude no processo.”

Mundo Metal: Destinamos este espaço para que a banda faça suas considerações finais sobre a recepção de “Cakes & Coffins” e, ao mesmo tempo, comente a entrevista de hoje:

Magick Touch:

“Estamos muito satisfeitos com o resultado do álbum ‘Cakes & Coffins’ e esperamos que antigos e novos fãs concordem conosco. As críticas têm sido muito boas e muitas vezes refletem que os ouvintes estão na mesma página que nós, entendendo toda a vibração do álbum e a direção que algumas músicas estão tomando. Queremos agradecer a todos que nos apoiaram e nossa mensagem final é: ‘apenas rock n’ roll!'”

MAGICK TOUCH / Reprodução / Facebook

Mundo Metal: Eu, Cristiano Ruiz, em nome do site Mundo Metal, agradeço ao membros do Magick Touch e ao Nordivk pela gentileza, assim como os parabenizo pelo profissionalismo e pela qualidade do trabalho que desenvolvem como power trio.

  • Entrevistador: Cristiano “Big Head” Ruiz
  • Entrevistado: Magick Touch (Bård Nordivk, baterista do trio)
  • Local: Noruega
PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -