PUBLICIDADE

Metallica: Kirk Hammet relembra processo contra o Napster e diz que a banda alertou a todos sobre o futuro da indústria musical

No ano 2000, Metallica processou o Napster (primeiro programa de compartilhamento de arquivos online), alegando violação de direito de autorais e extorsão. Isso se deu em razão de uma demo inédita de “I Disappear” que acabou indo ir parar em uma rádio, após ser baixada no site que foi criado em 1999.

   

A contenda repercutiu muito na época, pois foi o primeiro caso de um processo desse tipo contra software p2p e que terminou com a vitória do Metallica.

Em entrevista recente a Classic Rock, Kirk Hammet relembrou o caso e disse que o processo era basicamente um aviso sobre o futuro da indústria musical.

Veja o que disse o guitarrista:

“Avisamos a todos que isso ia acontecer. Avisamos a todos que a indústria da música perderia 80% do seu patrimônio líquido, poder e influência. Quando esses turnos monumentais vierem, você ou chacoalha a gaiola e não faz nada ou segue em frente.

Há definitivamente uma nova maneira de colocar música lá fora, mas não é tão eficaz quanto a indústria musical pré-Napster. Mas estamos presos a ela. Precisa haver algum tipo de ponto intermediário onde os dois se unam ou outro modelo completamente novo entrar”

Reprodução/Facebook/Metallica

“Quero dizer, é verdade que a indústria não é exatamente o que costumava ser… mas isso é apenas a passagem do tempo. As coisas mudam. Além disso, não é como se você não pudesse ganhar um dinheiro decente vendendo sua música através do Bandcamp ou até mesmo serviços de streaming como o Apple Music podem lhe dar um cheque decente.

Então, não tenho certeza se é uma questão de ser eficaz, porque a era da Internet certamente é eficaz em deixar as pessoas encontrarem novas músicas. Só que é um pouco mais difícil ganhar a vida. Mas dizer que o processo do Napster anunciava quão poucas pessoas conseguiriam isso? Eh, parece que sim. Ninguém tem bola de cristal. Apesar de parabenizar ao Metallica por seguir seus próprios conselhos, no que diz respeito a sair da indústria – a banda possui todas as suas próprias músicas e aparentemente todos os direitos de seus produtos. E eles estão indo muito, muito bem para si mesmos hoje em dia.”

Link da entrevista na íntegra.

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -