PUBLICIDADE

Megadeth: “se você contratar alguém baseado em sua habilidade de tocar, você nunca terá que explicar por que você tem um baixista ruim”

Em aparição no programa de Chris Jericho, o vocalista, guitarrista e líder do Megadeth, Dave Mustaine, falou um pouco sobre vários assuntos relacionados a sua banda e ao lançamento do novo álbum de estúdio intitulado “The Sick, The Dying… And The Dead”. Dave também incluiu comentários sobre sua relação com o guitarrista brasileiro Kiko Loureiro e suas visões atuais sobre como enxerga o show business. Acompanhe alguns trechos das falas de Mustaine:

“Kiko tem uma natureza muito brincalhona. Ele é muito parecido com um gato, sabe, é o jeito como ele brinca com certas coisas. Eu acho que as diferenças entre cães e gatos são bastante óbvias. Kiko é muito cerebral com seus pensamentos, eles são muito calculados. E ele está muito no seu, eu não quero dizer no ‘seu próprio mundo’ porque isso soa desrespeitoso. Mas Kiko está muito feliz com sua vida e para onde ela está indo. Todos nós enfrentamos desafios em todas as fases da nossa vida e isso não é diferente para ninguém. Sair em uma turnê de dois meses quando você tem um par de gêmeos de cinco anos é um desafio. Mas acho que o sucesso do vindouro álbum agora está preparando o cenário. À medida que as coisas mudam para nós com nossas carreiras, à medida que vamos aprendendo a nos comportar como empresários, começar a colocar um pouco de dinheiro no banco, comprar um carro, comprar uma casa, começar a economizar dinheiro e planejar o futuro, esses são coisas que estão acontecendo agora com Kiko e Dirk Verbeuren, e Kiko está nisso há muito tempo.”

Reprodução / Facebook

Mustaine contou sobre o que disse a Kiko quando o chamou para o Megadeth, ele disse:

   

eu disse a ele quando o conheci, eu disse: ‘Sua vida vai mudar. o ANGRA também é uma grande banda, mas eu disse, ‘Você vai passar do ANGRA para ser uma estrela no MEGADETH.’ E eu disse: ‘Se você jogar suas cartas direito, você vai acabar sendo um superstar’. Eu sempre tentei pintar o quadro, a dinâmica, eu acho, com a banda. Às vezes o sucesso da banda é baseado na composição da pirâmide da banda. Você tem seu artilheiro, assim como no hóquei você tem seu artilheiro. E então você tem seus jogadores de nível B, geralmente, seu elenco de apoio. E então seus jogadores de nível C, seus defensores, e então o grau D, que são seus grinders, seus jogadores utilitários. Estabelecer essa hierarquia em torno de seu jogador principal é o segredo que constrói o sucesso da equipe. Quando você tem uma banda que tem, digamos, quatro caras, vamos manter as coisas simples E todos os quatro caras, eles apenas tocam um instrumento, vamos pensar como, ‘eles são músicos ou eles apenas tocam instrumentos?’. Eles nunca vão conseguir. realmente, Eles nunca vão conseguir. mas se você tem uma banda de quatro caras e eles são todos ótimos músicos. Eles vão conseguir? Eles provavelmente serão uma banda cover muito boa. e por fim, Se você tem uma banda muito boa e tem uma estrela nela, você vai conseguir? Provavelmente. Mas os outros caras daquela banda não estarão lá quando a fumaça se dissipar. Se você tem várias estrelas na banda, há uma boa chance de que elas fiquem juntas o tempo todo, e há uma boa chance de você chegar ao estrelato. Se você é um superstar, você realmente não precisa de uma banda. Você quer uma banda às vezes. Você encontra pessoas de quem realmente gosta, mas elas nem sempre acompanham o ritmo. E é muito parecido com ser um vagão de trem. Você não pode ter um boi ao lado de um cavalo puxando a carroça. Eles estão emparelhados de forma desigual.”

Mustaine ainda falou sobre amizade e bandas, ele disse:

“Eu não sei se você teve que fazer alguma daquelas coisas terríveis que chamamos de mudanças de formação. A pior parte é quando você tem que fazer uma mudança de formação tirando um amigo. Como se você estivesse tocando em uma banda e se juntasse com colegas de escola e tivesse que se despedir de alguém, isso é sempre doloroso. A coisa que eu sempre disse é que se você entrar em uma banda com um amigo, prepare-se para perder os dois. Acho que quando você tem que se despedir desses caras, muitas vezes a amizade acaba. Então essa é uma advertência para jovens músicos. Se você contratar alguém baseado em sua habilidade de tocar, então você nunca terá que explicar a ninguém por que você tem um baixista ruim. ‘Bem, ele está namorando minha irmã.’ ou ‘Bem, ótimo. Ele é péssimo. Ele não consegue nem tocar ‘Dazed And Confused’.”

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Veja também

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PARCEIROspot_img

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
222SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações