PUBLICIDADE

“me irrita muito quando colocam ‘ex-Megadeth’ ao lado do meu nome”, diz Marty Friedman, ex-Megadeth

O ex-guitarrista do Megadeth, Marty Friedman, não fica nada feliz quando lê “ex-Megadeth” ao lado de seu nome nas manchetes. A afirmação veio durante uma nova entrevista para a série do YouTube “THAT Rocks!” apresentada por Eddie Trunk, Jim Florentine e Don Jamieson.

   

“É claro que, depois que deixei o Megadeth, a etiqueta ‘ex-Megadeth’ ficou colada no meu nome, e eu entendi isso por cerca de um ano ou dois. E então eu realmente, realmente queria cortar isso porque eu não estava mais no Megadeth e estava fazendo minhas próprias coisas, fazendo outras coisas não relacionadas ao Megadeth. Então, por volta de 2002 ou 2003, eu simplesmente estabeleci uma regra estrita de qualquer tipo de coisa na mídia quando eles publicaram o que quer que estivessem fazendo, nada de ‘ex-Megadeth’ ao lado do meu nome. Só não coloque isso na manchete. Não coloque meu nome no Megadeth – ‘ex-Megadeth’, todas essas coisas eram tipo, uma regra muito, muito rígida. É claro, como todos sabem, na mídia eles tendem a ignorar essas regras cerca de 90% das vezes. Eles ignoraram muito isso, mas depois, com o passar do tempo, começou a diminuir. E comecei a me sentir melhor com isso. E então, em meados de 2010, muitos lugares pararam completamente de colocar isso ao lado do meu nome, porque não havia nada que eu estivesse fazendo, nem remotamente relacionado ao Megadeth, então por que colocar isso? lá? Claro, às vezes eles ainda fazem isso agora, e isso realmente me irrita muito, porque também não está fazendo nenhum favor ao Megadeth. Isso não está me fazendo nenhum favor. Já se passaram 25 anos. Eles têm sua própria banda, e eu sou o maior fã da banda deles, e meu estilo é completamente diferente do deles. Mas às vezes não podemos controlar o que a mídia faz. Mas isso ainda não significa que eu não tenha muito amor e respeito pela banda. Claro que eu faço. Nós dois estamos fazendo coisas separadas.”

Marty Friedman, tocou com a sua ex-banda duas vezes em 2023 no Budokan de Tóquio e no Wacken open Air. Sobre a possibilidade de retornar ao Megadeth, ele afirmou recentemente:

“NÃO, E NÃO ACHO QUE ISSO SEJA REALISTA. NÃO SEI NADA SOBRE ISSO. NÃO ACHO QUE DAVE PENSARIA QUE EU SERIA UM CANDIDATO PARA ENTRAR NA BANDA, OU VOLTAR PARA A BANDA, E É CERTAMENTE NÃO É ALGO EM QUE PENSEI. ACHO QUE ELES ESTÃO ABSOLUTAMENTE BEM DO JEITO QUE ESTÃO.”

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -