PUBLICIDADE

Manowar: Ross the Boss constata que o pior erro cometido por Joey DeMaio foi tê-lo demitido

Ross the Boss foi um dos nomes que mais ajudou e significou algo na carreira do Manowar. O músico gravou os 6 primeiros discos da banda, ou seja, clássicos como “Battle Hyms” de 82, “Into Glory Ride” de 83 e “Hail To England” de 84 têm a assinatura do guitarrista em sua composição.

Em recente entrevista ao “Mike Nelson Show”, Ross falou sobre os últimos dois disco que fez com a banda. Ele disse:

   

“‘Fighting The World’ e ‘Kings Of Metal’ foram dois dos primeiros discos digitais feitos. Gravamos em algo chamado Synclavier. Era apenas um tipo básico de Pro Tools. O som de ‘Fighting The World’ era bom, mas ‘Kings Of Metal’ tinha um som muito melhor. E eu acho que ‘Kings Of Metal’ só veio em um momento em que a banda estava no auge, especialmente na Europa. Porque eu tinha feito todo o trabalho pesado com ele, então quando saiu, bum – e então eu estava fora da banda. Como você faz isso? Para Joey, provavelmente poderia ser o pior… Aliás, ele me demitiu. E foi o pior erro possível já cometido, ao lado de Mick Taylor deixando os ROLLING STONES. Porque a turnê que poderia ter resultado depois de ‘Kings Of Metal’ e o disco ao vivo e todo o processo foi interrompido. Eles tinham David Shankle – ele estava bem, mas toda a energia da banda se foi. E levou seis anos para fazer o próximo disco, ‘The Triumph Of Steel’. Eu tinha feito seis discos em seis anos com o MANOWAR. E levou seis anos para haver outro disco.”

“Bem, quando dinheiro e ganância e todas as mesmas besteiras surgem em um negócio, as coisas acontecem. Eu não falo besteira de ninguém, e eu não ia aceitar besteira de Joey – me dizendo o que vestir, o que… Primeiro de tudo, espere um minuto. Quando você me conheceu, eu já tinha feito quatro grandes álbuns, grandes discos em grandes gravadoras. Eu já tinha feito três com THE DITATORS e um com SHAKIN’ STREET. Você tinha feito zero. Então, todas essas pessoas com quem estamos falando agora, eu conheci há muito tempo na Europa. Esses caras como Malcolm Dome e Dante Bonutto e todos esses caras da Kerrang!, eu fui entrevistado por eles muitas vezes antes do MANOWAR. Eu disse: ‘Você não pode me dizer como falar e o que dizer e o que vestir.’ Mas ele sabia disso. Tudo o que ele queria em sua banda eram marionetes… Dinheiro e ganância, e ele não queria ter um parceiro como eu, 50% parceiro é a razão pela qual eu fui demitido. Eu não gosto de expor isso. Mas vemos como foi bom depois que eu saí.”

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Veja também

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PARCEIROspot_img

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
223SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações