PUBLICIDADE

Live Review – KISS (End Of Road World Tour) – 2/5/2022

KISS (End Of Road World Tour) – 2/5/2022, Arena Eurobike, Ribeirão Preto/SP.

   

Com exceção dos haters, acredito que todo o rockeiro tem ou já teve o sonho de ver um show do Kiss. No meu caso, que sou fã da banda, esse sonho foi realizado pela primeira vez em 1999 no Autódromo de Interlagos.

No entanto, a formação original e clássica estava tocando na turnê do “Psycho Circus”, disco que celebrou a sua reunião.

1999

Foi muito bom, porém a sensação não era a mesma dos vídeos que eu assisti, ou seja, faltou algo naquela noite.

KISS / END OF ROAD TOUR / RIBEIRÃO PRETO/SP / PHOTO BY: VANESSA C. SOARES

Vinte anos mais tarde, em 2019, quando eles anunciaram sua “milésima turnê de despedida”, eu fingi que acreditei e comprei o ingresso, não para São Paulo como de costume nos shows que eu assisto, mas para Ribeirão Preto/SP.

Me veio a questão, será que dessa vez a despedida é de verdade?

A pandemia chegou e atrasou a vida de quase todo mundo, incluindo o evento, por dois anos. Finalmente, no dia 2 de maio de 2022, no Estádio Arena Eurobike (Botafogo/SP), em Ribeirão Preto/SP, o esperado concerto aconteceu.

SERÁ QUE A DESPEDIDA É DE VERDADE?

A abertura dos portões estava prevista para às 16h. Enfim, com, aproximadamente, meia hora de atraso, finalmente, pude adentrar.

O show estava previsto para ter início às 21h e foi justamente nesse momento que o som ambiente começou a tocar “Rock’N’Roll” do Led Zeppelin.

“Rock’N’Roll” do Led Zeppelin era o sinal

As luzes se apagaram e uma gravação em vídeo do Kiss apareceu no telão com eles percorrendo o corredor de acesso ao palco.

“Detroit Rock City”.

Foi nesse instante que todos puderam ouvir os primeiros acordes de “Detroit Rock City”. A cortina caiu, o quarteto estava todo nas alturas.

   

A galera foi ao extremo delírio, principalmente na hora do dueto nos solos, cantarolando o mesmo junto com as guitarras de Paul Stanley e Tommy Thayer. “Shout Out It Loud” veio na sequência, mantendo a temperatura aquecida.

“Deuce”

Após duas faixas do álbum “Destroyer”, que foi a base do set list com um total de cinco músicas executadas, foi a vez da clássica “Deuce”, pertencente ao homônimo de 1974.

A emoção de ver Gene Simmons, Paul Stanley e Tommy Thayer balançando seus corpos em movimentos sincronizados é indescritível. Simmons mostrou sua boa forma em “War Machine” do “Creatures Of The Night”, álbum cuja turnê marcou sua primeira visita ao Brasil, em 1983.

Paul Stanley

O comentário geral dos últimos anos é que Paul Stanley não estava bem com sua voz e, realmente, assisti vídeos com ele bem abaixo do que já foi, porém, nesse show, ele estava cantando demais, respeitada a proporção de sua idade bem avançada.

“I Love It Loud”

“Heaven’s On Fire” preparou os presentes para a clássica das clássicas, “I Love It Loud”. A atmosfera da Arena Eurobike incendiou nesse momento e todos piraram quando Gene Simmons cuspiu fogo, cravando sua espada em chamas no chão do palco.

Em seguida, “Say Yeah” do “Sonic Boom” deu sequência a essa verdadeira festa de Rock’N’Roll.

O mestre de cerimônias, Stanley

Paul Stanley pode não ser o melhor vocalista da história, pois há muitos monstros sagrados no Rock, porém ele é, sem dúvida, o melhor mestre de cerimônias que eu já tive a oportunidade de presenciar.

Stanley consegue que todo o público o entenda, mesmo falando em um idioma estrangeiro, o qual, infelizmente, muitos ainda não dominam.

KISS / END OF ROAD TOUR / RIBEIRÃO PRETO/SP / PHOTO BY: VANESSA C. SOARES

“Cold Gin”

De volta ao debut, a animadíssima “Cold Gin” é executada com direito a guitarra em chamas e solo de Tommy Thayer.

Mantendo o ritmo, “Lick It Up” vem em seguida. Meu início com o Kiss foi o álbum “Rock’N’Roll Over” e para meu deleite, “Calling Dr. Love” agita os pagantes.

“Tears Are Falling”

   

O “farofeiro” disco “Asylum” é lembrado através de um dos seus singles, “Tears Are Falling”.

“Psycho Circus” é a ponte para o impressionante solo de Eric Singer, que brinca bastante com o público, todavia mostra toda a sua habilidade em seu instrumento.

“100.000 Years”

Enfim, essa performance fecha com o trecho final de “100.000 Years”. Pois, chegou a hora do Vampiro Demônio, Gene Simmons, cuspir sangue. Assim que, a canção mais sombria do “Destroyer”, “God Of Thunder”, é interpretada de forma impecável pelo Sr. Eugene Klein.

Aliás, a apresentação ganha elementos a mais de emoção à partir de “Love Gun”. Paul Stanley “voa” sobre a plateia até um palco, exclusivamente, para ele que fica no meio da pista.

“I Was Made For Loving You”

Os olhares se dividem entre ele e o palco. Quando “Love Gun” termina, Paul pede para cantar mais uma ali e “I Was Made For Loving You”, clássica do “Dinasty”, empolga com sua batida Disco.

“Black Diamond” com Eric Singer

Assim que Mister Eins volta ao cenário principal e executa os primeiros acordes de “Black Diamond”. No entanto, Eric Singer canta divinamente essa canção feita para bateristas cantores (Eric Carr também a interpretava), inclusive ela foi gravada originalmente por Peter Criss, que a cantava ao vivo.

A banda se despede da galera pela primeira vez e todos ficam aguardando o BIS.

KISS / END OF ROAD TOUR / RIBEIRÃO PRETO/SP / PHOTO BY: VANESSA C. SOARES

“Beth”

Surge no palco um piano. Nele se senta Eric Singer cantando “Beth” de maneira emocionante.

Por isso, não consigo entender o porquê do Kiss não ter aproveitado os vocais de Singer para gravar canções nos álbuns gravados por ele.

“Do You Love Me”

Afinal de contas, na quinta clássica do “Destroyer” dá sequência ao BIS, “Do You Love Me”. Paul Stanley anuncia a saideira.

A mais aguardada “Rock’N’Roll All Night” fecha o concerto

Inegavelmente, “Rock’N’Roll All Night” não poderia faltar nessa grande festa. Logo após, eles terminam, se despedem e no som ambiente, “God Gave Rock’N’Roll To You II” é tocada. Enquanto a equipe desmonta o palco e os extasiados fãs observam tudo ainda esperando que “suas fichas caiam”.

   

Será que foi a última vez?

Assim que, não tenho como responder. Só o tempo vai dizer, mas uma coisa, eu sei, jamais esquecerei essa noite de 2 de maio de 2022.

Integrantes:

  • Paul Stanley (voz e guitarra)
  • Gene Simmons (voz e baixo)
  • Tommy Thayer (guitarra e voz)
  • Eric Singer (voz e bateria)

SET LIST:

INTRO: Rock’N’Roll (Led Zeppelin)

  • 1.Detroit Rock City
  • 2.Shout Out It Loud
  • 3.Deuce
  • 4.War Machine
  • 5.Heaven’s On Fire
  • 6.I Love It Loud
  • 7.Say Yeah
  • 8.Cold Gin
  • 9.Lick It Up
  • 10.Calling Dr Love
  • 11.Tears Are Falling
  • 12.Psycho Circus / Drum Solo / 1000 000 Years)
  • 13.God Of Thunder
  • 14.Love Gun
  • 15.I Was Made For You
  • 16.Black Diamond

Bis:

  • 17.Beth
  • 18.Do You Love Me
  • 19.Rock’N’Roll All Nite

OUTRO: “God Gave Rock’N’Roll To You II”

Redigido por: Cristiano “Big Head” Ruiz

Quem é Mundo Metal?

Mundo Metal nasceu em 2013, através de uma reunião de amigos amantes do Rock e Metal. Com o objetivo de garimpar, informar e compartilhar todos os bons lançamentos, artistas promissores e tudo de melhor que acontece no mundo da música pesada.

Despretenciosamente, veio o grupo e depois a página no Facebook, aos poucos passamos a utilizar outras redes como Instagram e Youtube e, posteriormente, nosso site oficial veio a luz. Apesar de todas as dificuldades da vida cotidiana, nunca desistimos de nossos objetivos e, hoje, nosso site está em franca expansão.

Sejam muito bem-vindos a nossa casa e desejamos de coração que voltem sempre.

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -