Indicação: OverllouD – “Splendor Solis” (2019)

PUBLICIDADE

“Slendor Solis” é o full-lenght de estreia do Overlloud, banda da cidade de Campina Grande na Paraíba, que foi fundada no ano de 2011. Está ai mais uma banda nacional pertencente ao NWOTHM da qual podemos nos orgulhar.

Logo na abertura do álbum, “Buildings on Fire” já escancara a influência da banda na década de 80. Os duetos das guitarras de Andrew Marques e Leandro Balby somados aos vocais impecavelmente afinados de Tiago Galdino começam a mensurar a grande qualidade da qual a banda é possuidora. “Widowmaker” dá continuidade ao disco com riffs espetaculares, daqueles bem sedutores e que tornam formidável qualquer audição. Os vocais de Galdino lembram a fase áurea de Bruce Dickinson (Iron Maiden, Ex-Samson) nessa canção em particular.

Divulgação / OVERLOUD

“Metal Legends” impressiona por seu refrão com atmosfera épica, proporcionada pelo coro de vozes. Que bela canção. O baixo de Lucas Moura introduz a faixa seguinte, “Abyss Of The Void”, a propósito, o baixista é o destaque absoluto dessa música matadora. Overlloud soa como uma banda experiente e rodada e não como uma que acaba de lançar seu debut. Um grande nome do Heavy Metal nacional pode ter nascido na Paraíba e eu sequer sabia disso. “Search For The Light” segue a fórmula da canção que a antecede, porém com uma estrofe ainda mais envolvente e com os melhores solos de guitarra do disco.

“Apotheosis” tem uma considerável pitada de Power Metal. Nessa faixa Tiago Galdino mostra toda a sua capacidade vocal no refrão, alcançando tons altos com falsetes utilizados com perfeição. “Omen” é bem mais intensa que sua antecessora, sendo a música mais pesada do disco, porém sem ultrapassar a linha do Heavy tradicional. A minha canção preferida, “Drinking All Night”, finaliza o álbum. Um Hard/Heavy singular dentro do contexto, que me faz lembrar Scorpions dos anos 80, dentre outros nomes com sonoridade semelhante a essa. Uma letra bem Rock & Roll, um refrão que gruda na mente de forma instantânea e um solo de guitarra que a torna ainda mais interessante.

Esse álbum realmente me impressionou, pela capacidade da banda demonstrar maturidade e pluralidade de influências, possuindo ainda assim, um som com muita personalidade. Aguardo ansiosamente pelo segundo full-lenght, espero que venha brevemente.

Nota 8,8

Integrantes:

  • Lucas Moura (baixo)
  • Rui Jr (bateria)
  • Andrew Marques (guitarra)
  • Leandro Balby (guitarra)
  • Tiago Galdino (vocal)

Faixas:

  1. Buildings on Fire
  2. Widowmaker
  3. Metal Legends
  4. Abyss Of The Void
  5. Search For The Light
  6. Apotheosis
  7. Omen
  8. Drinking All Night

Redigido por Cristiano “Big Head” Ruiz

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE
PARCEIROspot_img

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,663SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
151SeguidoresSeguir
960InscritosInscrever

Últimas Publicações