PUBLICIDADE

Indicação: Cripper – “Follow Me: Kill!” (2017)

Oriundos de Hannover, terra do time de futebol Hannoverscher Sportverein von 1896, mais conhecido como Hannover 96 (Lá tem mais coisas que apenas um time, oras!). Os thrashers alemães do Cripper surgiram com mais um lançamento via Metal Blade Records, tornando-se o quinto álbum da banda. Seu último registro até então era o bem sucedido “Hyëna” de 2014. “Follow Me: Kill!” foi lançado dia 15 de setembro e as primeiras apresentações para divulgação foram na própria cidade de Hannover.

   
Metal Blade Records

O Cripper foi fundado em 2005, lançou cinco álbuns até agora e realizou vários shows na Alemanha e na Europa com nomes do calibre de Overkill, Onslaught, etc, além de aparecer em inúmeros festivais como Wacken Open Air, Summer Breeze, 70,000 Tons Of Metal, Brutal Assault, Metaldays, Rockharz e Metalfest. Ainda assim, eles continuam a expandir sua audiência internacional e divulgando o seu trabalho. Uma das características interessantes do Cripper é o seu potencial criativo que vai muito além de sua música. Além de projetar suas obras de arte e mercadorias por si só, eles até concebem e produzem seus videoclipes por conta própria. Veremos a seguir que não economizaram em produções audiovisuais neste novo trabalho e aqui vamos “NÓIZES”!

A caixa de ferramentas é aberta com a rifferama de “Pressure” que foi lançada como primeiro single e recebeu um vídeo promocional de divulgação. Um grito estendido de forma bem grave dando início ao estrondo musical constante. Britta e sua trupe atropelam tudo o que estiver na frente. Seu vocal remete a outras vocalistas do estilo como a lendária Sabina Classen (Holy Moses) e Marloes Voskuil (Izegrim). Realmente trata-se de uma faixa digna de abertura para o álbum. Sem dar tempo para tomar um copo d’água é a vez de “Into The Fire”, segundo single com vídeo abrindo com um anúncio lembrando aquela contagem regressiva nos games de Resident Evil: “Siga-me/ Dentro do fogo”. E eis que se inicia “Into The Fire” com uma pegada mais cadenciada no início através de um alicerce firme e bem destacado do baixo de Lommer que depois descamba para mais uma sequência matadora. Dennis Weber mostra bastante serviço nas baquetas contribuindo de forma esplêndida com muito peso e técnica. De fato é um: “Carnaval ou banquete/ À beira da sanidade”. Podemos presenciar uma forte influência de Schmier (Destruction, The German Panzer) nos términos de cada estrofe. A faixa termina com o alerta parecido com o de abertura: “Siga-me/ Mate!”.

“World Coming Down” começa com o freio de mão puxado seguido de um vocal de apoio nos moldes do Soundgarden. Depois retoma com a lentidão maléfica e fervorosa que incendeia os vilarejos com fortes labaredas diante da sequência de marteladas na caixa e bumbos realizadas por Weber. Na sequência temos o terceiro single de “Follow Me: Kill!” que também ganhou videoclipe. “Mother” marca um dos momentos mais insanos do álbum em que a música fala sua própria linguagem sombria e pesada transportada para o vídeo. Sem necessitar de solos velozes que se destacam mais do que os riffs, os germânicos despejam toda sua garra e capacidade de produzir uma obra marcante para quem gosta de um direto na trompa de Eustáquio. Normalmente as faixas escolhidas para ganharem vídeos são aquelas mais comerciais, como se costuma dizer. Porém, aqui não é o caso e o Cripper soube escolher muito bem.

“Shoot Or Get Shot” é um nome bem sugestivo para uma música de uma banda de Thrash Metal, não é? Som direto e reto sem dar tempo de pentear a criança para levar até a escola! Na sequência temos a faixa mais Death Metal do álbum com um início bem ao estilo dos trabalhos de Michael Amott (Arch Enemy): “Bleeding Red”. Dennis Weber demonstra competência de sobra com seu kit embora seja uma faixa mais curta. A calmaria de “Comatose” contrasta com a tempestade que passou e agora vem em forma de bonança. Mas, para por aí. A proposta continua a mesma e vem mais voadora no “quengo” sim! Com menos velocidade a bigorna sonora ganha mais peso tirando o ouvinte de assalto para mais um pouco de guerra nos falantes com Christian e Jonathan executando um trabalho de guitarras sem se arriscarem muito, mas com muita competência e praticidade.

Metal Blade Records

Aqui Britta chama a galera para o combate com “Pretty Young Thing” e seu arsenal repleto de munição capaz de dizimar qualquer fã inútil de projeto de música imbecil que passa na TV. Com uma intro hipnótica, essa é para sair dando porrada no moleque chato da rua de baixo! Após o espancamento do moleque a bateria de “Running High” ronca os motores avisando que a bolacha ainda não chegou ao fim e depois há uma quebra na intimidação trazendo uma linha mais calma e reforçando aquele tempero mencionado no início sobre o Soundgarden. Junto a isso também temos Britta recitando e dando a crer que esta faixa tem um clima de fim do disco, e que pode vir a preencher as FMs do país de Wotan. Ainda sobre a mesma faixa, depois que ouvirem a última perceberão que é aquela velha tática de intercalar sons mais densos entre sons mais ríspidos. Ou seja, nesse ponto também acertaram a mão e se ouvir tudo na sua sequência normal torna a apreciação da obra muito melhor.

Eis que chegamos à rabeira da carreta com “Menetekel” fechando o álbum de forma esplêndida dando a crer que os “cabras” tem uma estrada enorme pela frente com toda certeza. Pois, trata-se de uma banda que não decepciona seus fãs e que cresce a cada lançamento, fazendo com que seu alcance cresça de forma gradativa. Indicado aos fãs das bandas citadas durante o percurso “resenhístico” deste que vos digita.

Nota: 8,6

Integrantes:

  • Britta “Elchkuh” Görtz (vocal)
  • Christian “Knitzel” Bröhenhorst (guitarra, vocal de apoio)
  • Jonathan “Mad” Stenger (guitarra)
  • Lommer (baixo)
  • Dennis Weber (bateria)

Faixas:

1. Pressure
2. Into The Fire
3. World Coming Down
4. Mother
5. Shoot Or Get Shot
6. Bleeding Red
7. Comatose
8. Pretty Young Thing
9. Running High
10. Menetekel

Redigido por Stephan Giuliano

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -