PUBLICIDADE

Indicação: Chemikill – “Edge Of Wasteland” (2019)

Formado em 1988, em Cleveland, América, apenas em 2019 é que o Chemikill lançou o seu debut, “Edge Of Wasteland”, de forma independente.

   

Apesar, deles se declararem como Speed/Power Metal, também noto claras passagens de Heavy e Thrash em sua sonoridade, pois esse álbum é daqueles difíceis de rotular.

Em primeiro lugar, ”Blackened Void” abre o disco com um riff pegajoso. Fred Flory, o vocalista, já mostra a sua potência desde a primeira faixa.

Excelente Speed/Heavy Metal, o qual anima para o restante da audição, pois foi um fantástico pontapé inicial. A seguir, “Blood Red Sky” mantém a mesma fórmula, parecendo uma continuação da canção anterior, porém com um refrão ainda mais empolgante.

CHEMIKILL / Photo By: @tonaliterecords.gmail

“Edge Of Wasteland”

Uma pegada mais Thrash Metal ocorre justamente na faixa título, “Edge Of Wasteland”, embora ela seja um tanto cadenciada. O cantor Flory mostra ainda mais o quão talentoso é.

A cozinha do baixo de Mark Alexander e Mike Seleman mantém o volume do peso. O guitarrista Tim Piispanan faz seu melhor solo na minha música favorita do disco. As partes só instrumentais me remetem a Exodus, exclusivamente nessa canção.

“(Fear) The Warrior” dá sequência ao full-lenght, acelerando o ritmo novamente, resgatando a receita das duas primeiras músicas. Power Metal daqueles nada açucarados, os quais são meus favoritos.

CHEMIKILL / Photo By: @tonaliterecords.gmail

“City Night To Roam” é uma típica “balada Heavy” com solos de guitarra e vocais recheados de melodia e feeling.

“Not To Blame” é algo bem mais próximo do legítimo Heavy Tradicional. O riff é o mais “trabalhado” do disco. Talvez uma segunda guitarra tornasse a banda ainda mais interessante do que ela é.

Afinal, o álbum finaliza com “The Great Deceiver”, que mescla um pouco de todos os principais elementos contidos nessa excepcional obra. Bela canção para encerrar o disco.

Como uma banda talentosa como essas demorou vinte e um anos para mostrar o seu talento através de um lançamento oficial, jamais saberemos, porém antes tarde do que nunca. Espero que eles se animem para lançar o segundo full-lenght brevemente.

Indico a audição desse álbum a todos os nossos leitores, principalmente aos fãs de Speed/Power/Heavy/Thrash Metal.

   

Nota 8,7

Integrantes:

  • Mark Alexander (baixo)
  • Mike Seleman (bateria)
  • Tim Piispanan (guitarra)
  • Fred Flory (vocal)

Faixas:

  • 1.Blackened Void
  • 2.Blood Red Sky
  • 3.Edge Of Wasteland
  • 4.(Fear) The Warrior
  • 5.City NIght To Roam
  • 6.Not To Blame
  • 7.The Great Deceiver

Redigido por: Cristiano “Big Head” Ruiz

Quem é Mundo Metal?

Mundo Metal nasceu em 2013, através de uma reunião de amigos amantes do Rock e Metal. Com o objetivo de garimpar, informar e compartilhar todos os bons lançamentos, artistas promissores e tudo de melhor que acontece no mundo da música pesada.

Despretenciosamente, veio o grupo e depois a página no Facebook, aos poucos passamos a utilizar outras redes como Instagram e Youtube e, posteriormente, nosso site oficial veio a luz. Apesar de todas as dificuldades da vida cotidiana, nunca desistimos de nossos objetivos e, hoje, nosso site está em franca expansão.

Sejam muito bem-vindos a nossa casa e desejamos de coração que voltem sempre.

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -