PUBLICIDADE

Hammerfall: “muito mais enérgico e muito mais poderoso em todos os sentidos”, revela Oscar Dronjak sobre novo álbum

Os suecos do Hammerfall irão lançar no próximo dia 9 de agosto, seu décimo terceiro disco de estúdio batizado “Avenge The Fallen”. O álbum será mais um vez distribuído pela Nuclear Blast e terá produção de Fredrik Nordström.

   

Dois singles já foram lançados, são eles “Hail To The King” e “The End Justifies”. E para aquele fã mais observador e que conhece os discos dos primórdios da banda, ficou claro a intenção dos músicos de soar mais energéticos. Principalmente, se comparamos com o trabalho antecessor, “Hammer Of Dawn”.

Em uma nova entrevista concedida ao site australiano Heavy Magazine, o guitarrista e membro fundador Oscar Dronjak explicou um pouco sobre o conceito musical do trabalho e contou o motivo de achar este um dos melhores registros do Hammerfall dos últimos tempos. Veja o que disse Oscar:

“Temos trabalhado muito nisso. Tenho convivido com essas músicas novas há, bem, algumas têm cerca de cinco anos, então tenho convivido com elas há um bom tempo. Então, apesar dessas músicas estarem com a gente há um bom tempo, gravamos apenas em novembro, dezembro e janeiro, então já faz alguns meses. Agora estou ficando ansioso para apenas mostrá-las, eu quero mostrar para as pessoas o que fizemos porque estou muito orgulhoso do álbum. Acho que fizemos um dos nossos álbuns mais fortes dos últimos anos, na minha opinião, é claro. E isso pode variar muito para todos os outros.

Estou muito feliz por três coisas. Primeiro, todas as músicas do álbum têm um propósito, então se você tirar uma, o todo vai desmoronar de alguma forma, mesmo que seja uma daquelas que não foi feita para ser um single ou aquelas que não achamos que sejam as mais fortes. Mesmo assim teria um impacto se você tirá-las. E também acho que a produção deste álbum é, e por produção, quero colocar também a performance nossa, porque começamos com a bateria, gravando a bateria, e então todo mundo constrói seu material em cima disso. E David Wallin entrou nisso tão focado e tão enérgico. Sua bateria é tão poderosa que, quando ele terminou, todo mundo ficou tipo, ‘Uau, merda, precisamos intensificar agora também’, porque ele colocou o sarrafo lá no alto, então continuamos indo e nos alimentando disso. Fora que, é claro, quando gravamos o baixo e as guitarras, e então, durante essas gravações, Fredrik Nordström, o produtor, ele também faria a mixagem no final, ele disse: ‘Oh, merda, pessoal. Sinto-me pressionado agora para subir um nível também, porque vocês já alcançaram esse nível mais alto’. Então, para nós, a produção é… Acho que quando gravamos o álbum anterior, ‘Hammer Of Dawn’, fizemos um bom trabalho com ele também, mas foi meio difícil conseguir energia porque tínhamos registrado ele durante a pandemia. Portanto, a pandemia colocou um filtro no topo. Quero dizer, não foi perceptível quando lançamos aquele álbum, mas acho que se você comparar os dois, poderá sentir a diferença, porque este é muito mais enérgico e muito mais poderoso em todos os sentidos. E acho também que as músicas, estou muito feliz com as músicas desta vez. Acho que são diversificadas e estão bem escritas.

Joacim Cans e eu escrevemos as músicas juntos. Então eu faço uma demo da música com os instrumentos e uma bateria eletrônica. Aí quaisquer melodias vocais que eu tenha ou um refrão, seja lá o que for, eu mando para ele e ele termina o meu trabalho, e geralmente fico satisfeito, porque se não estou satisfeito com ele, não mando para a gravadora. Mas o que recebi do Joacim dessa vez é melhor do que qualquer coisa que acho que já ouvi dele. Em termos de composição ele deu a cada parte de cada música a mistura perfeita das letras com as melodias que ele criou. Isso é parte do terceiro motivo. Eu só não sei o quão bom será até que o material dele chegue ao topo, porque escrevemos as músicas juntos. Então, quando recebi de volta essas músicas dele, as ideias, tanto com a música quanto com as melodias vocais, letras e outras coisas, quando estávamos todos satisfeitos, acho que ambos sentimos que este é um álbum forte do início ao fim.”

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -