PUBLICIDADE

Há 7 anos, só se falava na reunião da formação clássica do Megadeth. E ela quase aconteceu…

Em 3 de dezembro de 2014, a formação clássica do Megadeth era quase uma realidade. Enquanto Dave Mustaine tinha negociações avançadas com o guitarrista Marty Friedman e as perspectivas eram ótimas, Nick Menza e David Ellefson ensaiavam no estúdio de Mustaine em San Diego. As imagens abaixo foram registradas pelo filho de Dave, Justis Mustaine.

Tá bom, mas o que de fato aconteceu para que tudo naufragasse ao ponto de nem Friedman e nem Menza terem retornado a banda de fato?

   

Bem, após a saída do baterista Shawn Drover e do guitarrista Chris Broderick, Dave Mustaine e Marty Friedman passaram a trocar elogios através de suas redes sociais. Marty começou a mencionar o Megadeth aqui e ali sempre de uma forma muito positiva; Mustaine retribuía e, obviamente, tudo isso ocorreu por que os músicos estavam em negociação. Aparentemente, tudo foi bem, tanto as conversas como o entendimento entre as partes com relação a parte musical da coisa, Dave percebeu que seria um ótimo momento para que a formação que gravou discos como “Rust In Peace”, “Countdownn To Extinction” e “Youthanasia” pudesse se juntar novamente e realizar um grande fan service.

Photo: Neal Preston / Corbis

Com as tratativas com Marty Friedman indo bem, Nick Menza foi chamado e aceitou imediatamente o convite. Justis Mustaine chegou até mesmo a postar um vídeo em que aparece Menza tocando no estúdio (sem mostrar o rosto do músico) e escrever que o novo “baterista misterioso” estava ensaiando com a banda.

Acontece que as negociações com Marty acabaram melando. Além do guitarrista ter pedido valores muito altos e regalias que o Megadeth não poderia custear, ele precisava de cerca de seis meses de prazo para se juntar a banda para poder cumprir toda a sua agenda de shows que já estavam marcada. Mustaine percebeu que não seria viável aguardar todo esse tempo e acabou desistindo da idéia.

Em relato para o livro de Dave Mustaine, “Rust In Peace: The Inside Story Of The Megadeth Masterpiece”, Marty Friedman confirma a história:

“Meu principal objetivo era que ficaria feliz em fazer isso, mas não ia aceitar menos dinheiro do que já estava ganhando para fazer isso. Já estava no Japão há mais de dez anos, cultivando uma carreira com sólidas recompensas. Estava ganhando dinheiro não só para mim, mas também para minha administração e equipe. Meu gerente está comigo há quinze anos. Tudo estava certo e sólido profissionalmente, e quando a oferta surgiu de repente para me juntar ao Megadeth novamente, enquanto eu não estivesse ganhando menos, eu estava pronto para ir. Mas eu certamente não iria perder para entrar em uma banda que, francamente, naquele ponto, não parecia ter muito a oferecer musicalmente. Alguns membros da banda haviam saído recentemente e musicalmente eu não ouvia nada do que eles faziam há muito tempo. Não sabia o quão relevantes eles continuavam a ser no mundo da música. Não era como se o Megadeth estivesse na ponta da língua das pessoas, pelo menos não no Japão.”

Mas por que não ficou com Nick Menza?

Essa é uma história que possui muitas versões. Segundo Nick, ele estava bem e poderia dar conta do recado. Inclusive, quando foi anunciada a entrada de Chris Adler no Megadeth, Menza soltou a seguinte nota:

“Para meus fãs, eu odeio desapontar todos vocês que têm perguntado esperançosos se Marty Friedman e eu nos reuniríamos novamente com Dave Mustaine e David Ellefson do Megadeth para ressurgir a clássica formação de ‘Rust In Peace’.

Eu estava totalmente pronto e animado para voltar ao Megadeth. Eu fui para a casa/estúdio de Dave em San Diego em dezembro passado e tocamos no fim de semana e foi totalmente legal. Nós imediatamente caímos de volta em nosso ritmo musical juntos.

Temos uma ótima química. É uma coisa mágica! E, sim, sou eu, o baterista ‘misterioso’ cujo rosto está escondido nos vídeos do YouTube que o filho de Dave, Justis Mustaine, postou.”

Dave Mustaine conta uma versão totalmente diferente e disse que não dispensou Menza sem mais nem menos. Segundo o líder do Megadeth, Menza não estava bem de saúde e nem fisicamente, ele possivelmente teria sentido de novo o problema nos joelhos e ainda tinha um problema no braço. Para o Megadeth, ficou claro que ele não aguentaria uma sequência de shows grandes e uma banda deste porte não poderia correr riscos. Para quem não conhece a história, Menza saiu do Megadeth em 1998 para tratar um câncer no joelho.

Reprodução

Em uma entrevista de 2016 cedida ao “The Metal Show” com Eddie Trunk, Dave contou:

“Então estávamos na minha casa na Califórnia. E enquanto estávamos lá… Porque eu moro no Tennessee agora, e ainda temos a casa em San Diego. Fomos lá procurar por minha sogra (que estava desaparecida). E David Ellefson pegou Nick Menza e trouxe-o de Los Angeles para San Diego. Começamos a tocar e tocamos ‘Rattlehead”. E não passamos do primeiro refrão, a música bagunçou, então paramos. Começamos de novo, bagunçou, paramos. Começamos de novo, bagunçou, paramos. Eu abaixei minha guitarra e saí do estúdio. Porque não queria dizer nada maldoso para o Nick. E David Ellefson veio até mim e disse: ‘Cara, isso é muito pior do que eu pensava que era.’ Eu conversei com Chris Adler sobre ele tocar no novo álbum do Megadeth. Porque eu disse, mesmo se fizermos uma turnê de reencontro com esses caras (Menza e Friedman), quando fizermos um novo álbum queríamos ter alguém que fosse apenas um monstro na bateria; queríamos que Chris Adler tocasse nele. E quando fizemos o ensaio com Menza, que não deu certo, foi, tipo, ‘Cara, estou preocupado, ele não está bem’.”

Apesar de Nick Menza desmentir as falas de Mustaine, pouco tempo depois, em 21 de maio de 2016, o baterista sofreu um ataque cardíaco enquanto tocava com sua banda OHM, em uma boate de Los Angeles e faleceu. Ele tinha apenas 52 anos.

Recentemente, foram descobertos riffs e partes de bateria totalmente inéditas de Menza e o ex-companheiro de banda, David Ellefson, foi contratado para criar músicas novas com estas partes. Ellefson mencionou que é uma forma de tocar novamente com Nick, mesmo que ele não esteja mais entre nós…

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Veja também

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PARCEIROspot_img

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
223SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações