PUBLICIDADE

Guns n’ Roses: segundo Slash, a pandemia renovou o espírito da banda

Desde o ano de 2020, com seu pesadelo mundial assolando os quatro cantos do planeta, que os grandes eventos têm sofrido bastante com os inúmeros cancelamentos e adiamentos. Em 2021 a coisa melhorou um pouco, e com o advento das vacinas, a situação começou a ficar mais favorável. Porém, ainda não nos livramos desse trauma atual e os adiamentos e cancelamentos de grandes eventos ainda persistem. O momento pede para as pessoas pegarem o mapa e analisá-lo de verdade para entender o que se passa em cada região. Dessa forma, poderão antever algo e mudar o trajeto de seus planos. Isso vem acontecendo com os organizadores de grandes festivais ao passarem a estudar muito mais a fundo cada região creditada para levar o seu evento.

   

Junto a tudo isso temos as grandes bandas como é o caso do Guns n’ Roses, que vem realizando shows com intervalos maiores, mas sem ficar parado por completo. As restrições diante do que ocorre atualmente possuem muitos fatores negativos, mas existe o lado positivo e o guitarrista Slash expôs esse lado que poucos notaram ou até mesmo vivenciaram.

Photo by Gary Miller/Getty Images

Em 2020, a banda havia anunciado uma turnê norte-americana em estádios, bem como várias datas de festivais, nomeadas como uma nova turnê em vez de uma continuação da ‘Not in This Lifetime… Tour’. A primeira data do show ocorreu conforme programado em 14 de março de 2020, na Cidade do México, como parte do Festival Vive Latino. Nem todas as datas puderam ser cumpridas com exatidão e grande parte da turnê que aconteceria na América do Sul teve que ser reagendada.

O início da parte européia da turnê estava prevista para ter seu início no dia 20 de maio em Portugal. Essa data acabou sendo cancelada. A banda chegou a anunciar mais 8 datas, dessa vez para a Oceania. A turnê teve largada no dia 31 de julho de 2021 e, desde então, o Guns n’ Roses vem tocando sem cancelar ou adiar mais datas. O próximo show está previsto para o dia 21 de maio de 2022, em Daytona Beach.

Photo by Eduardo Valente/AFP/Getty Images

Em recente entrevista para o Daily Star, Slash falou sobre a nova sensação ao lidar com a pandemia e cair na estrada com todas as restrições impostas:

“No palco foi incrível, o público tinha essa energia louca. O efeito no grupo como um todo foi super positivo. Sem pós-festas, sem executivos de gravadoras, sem comemorações, e, francamente, isso apareceu no palco. A crise restaurou nossa paixão comunitária pela música. Nunca gostamos tanto de tocar música.

Toda a nossa comitiva usava máscaras; nunca houve qualquer contato com o mundo exterior. Ninguém foi convidado para os concertos; não houve pós-festas. Nós íamos direto do hotel para o local e de volta para o hotel até a hora de viajar para a próxima cidade.

Se você me dissesse isso nos anos 80, eu não teria acreditado em você. Acho que foi um pequeno vislumbre do que está por vir. Acho que teremos que conviver com o vírus e nos adaptar a ele”.

O Guns n’ Roses mostra a importância de analisar cada território de forma individual. Não que a banda realmente faça isso, pois existe quem faça isso de fato e passe as coordenadas para os responsáveis pela organização dos festivais em parceria com as autoridades locais. Toda segurança é pouca para organizar algo desse porte e que possa render sucesso.

Nesse caso, o Guns n’ Roses está aproveitando muito bem essa positividade e renovação de espírito que os integrantes estão obtendo para darem sequência à sua agenda de shows. Foram mais de 20 datas até então, números bastante expressivos no que condiz à pandemia. Serão mais de 30 datas até a última apresentação no dia 10 de dezembro de 2022. O local será no Eden Park em Auckland, na Nova Zelândia. Uma das principais estratégias da banda para não precisarem remarcarem seus shows é a de que só saem para tocar e depois retornam para seus quartos de hotel com todos em segurança.

Reprodução

O desejo maior é que as pessoas possam caminhar de forma normal e tranquila sem esse peso e, apesar da situação atual, é muito bom saber que tem gente encontrando boas saídas para tocarem seus projetos e trabalhos para frente. Indiretamente, isso ajuda a quem estiver lendo a perseverar e lutar sem medo da vitória não chegar tão já. A receita é seguir lutando com seriedade e desenvolvendo boas ideias para construírem caminhos melhores que os convencionais.

Aproveite para desfrutar um pouco de uma das apresentações recentes do Guns n’ Roses, realizada no Exit 111 Festival, em 13 de outubro de 2019:

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -