PUBLICIDADE

Exodus: Gary Holt relembra como foi o período em que Jeff Hanneman faleceu

Em entrevista para o portal BraveWords, o guitarrista do Exodus, Gary Holt, relembrou a época em que estava subtituindo Jeff Hanneman no Slayer até que o mesmo se recuperasse. O que seria temporário acabou perdurando por conta do falecimento de Jeff no exato dia 2 de maio de 2013. Gary desengavetou o assunto envolvendo o 30º aniversário do clássico álbum ao vivo do Slayer, “A Decade Of Aggression”, e também sobre as fotos de Jeff, dessa forma:

   

“Sim, eu vi as fotos. Nós saíamos muito, Jeff e eu, naquela época. Naqueles primeiros dias, nas primeiras turnês. Ele é um cara muito especial. Isso significou muito para mim, eu substituí-lo, e era para ser uma coisa de curto prazo, talvez alguns meses, ou uma turnê ou duas. Eu tinha seu selo de aprovação nisso porque, de acordo com Catherine, sua esposa, ele estava chateado no início, quando ele descobriu que a banda iria usar um fill-in, então ele perguntou a ela quem era e ela disse que era eu, e ela disse que a resposta dele foi, ‘Fuck yeah!’, então isso significa tudo para mim. É uma das melhores lembranças de Jeff que terei e não estava lá para isso. Só de saber que ele estava animado com isso. Saíamos muito naquela época e bebíamos muito, obviamente. Nós tivemos um bom tempo. “

Metal Hammer/ Getty Images

Gary Holt também falou sobre o processo de apredizagem com relação às música e o entrosamento com os demais companheiros:

“No primeiro ensaio que fiz, toquei 17 músicas. Só trabalhei em casa. Eles me deram uma boa quantidade de tempo, eles me deram mais tempo do que Phil Demmel teve quando ele teve que me substituir, aquele pobre coitado. Mas entrei no Slayer sem saber nenhuma das músicas. Quer dizer, eu conhecia algumas das músicas, mas muito do material com o qual não estava familiarizado. Eu tinha ouvido, mas não tinha enterrado na minha cabeça como um fã faria, e não que eu não fosse um fã, porque era. Mas o seu fã comum na rua pode cantarolar todas as partes de guitarra no meio de “At Dawn They Sleep”. Eu não podia, então eu tive que aprender muito sobre essas coisas do zero. Eu realmente tive que aprender como eles escreviam, porque eu tive que aprender as escalas que eles escolheram para aquele trabalho, ao invés da minha própria. Depois que resolvi fazer isso, ficou muito mais fácil.”

Gary explanou sobre a experiência adquirida ao trabalhar com o Slayer:

“Eu aprendi muito sobre como uma grande produção de turnê é executada. Fora isso, eu estava tocando guitarra, e eu já tocava guitarra, então não aprendi nada com isso. Aprendi que tinha muitos solos em Slayer. Eu não sabia disso, mas algumas músicas têm três solos nessa merda. É meio divertido, eu tive que interpretar quase um papel de herói da guitarra, meu trabalho todo era sair e destruir. Mas você vê como é feito nesse tipo de nível, e o profissionalismo nisso foi impressionante. Tentei incluir isso em minhas negociações com o Exodus.”

Reprodução/Twitter

Gary disse sobre o sentimento causado durante os últimos shows da turnê:

“Sim. Em todos os shows da turnê final, Tom iria realmente absorver tudo. Eu sairia e absorveria por um minuto, mas então eu o deixaria ficar com o palco. O show final, eu ‘não vou mentir, eu estava tocando meu último solo em ‘Angel Of Death’ com a guitarra presa pela barra acima da minha cabeça e eu estava lutando contra as lágrimas. Foi um momento emocionante. E é fácil para mim esquecer tinha pouco menos de dez anos no Slayer. O que é isso, um quarto da história da banda que passei tocando com eles? Costumo me esquecer disso, quanto tempo foi e quanto tempo passei lá.”

Enfatizando seus agradecimentos, Gary reforçou a junção que deu muito certo, mas que agora está com sua principal família, a família do Exodus.

“Eles me trataram como uma família desde o primeiro dia, e sempre seremos, mas agora estou de volta com a família número um e é aí que eu pertenço.”

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -