PUBLICIDADE

Exodus: após iniciar o tratamento contra o câncer, Tom Hunting agora está fazendo imunoterapia

A quimioterapia é um processo combativo que elimina tanto células cancerígenas quanto células novas, deixando o paciente extremamente debilitado. Após o tratamento contra o carcinoma espinocelular (SCC) do estômago em que passou por uma gastrectomia total com sucesso em julho de 2021, Tom Hunting, baterista do Exodus, agora passa pelo que chamam de imunoterapia, que é um processo que busca treinar o corpo para combater seres nocivos a ele.

   

Tom Hunting participou do podcast do ex-vocalista do Exodus, Rob Dukes, chamado Put Up Your Dukes, e falou sobre essa nova fase de tratamento:

“Através disso, eles também encontraram mesotelioma no meu abdômen, e eu fiz uma cirurgia para isso também. E é isso que eles estão observando agora. E estou conseguindo Imunoterapia.”

Hunting complemetou:

“A quimio é como uma bomba nuclear – eles colocam em você, e ela vai lá e mata tudo: células cancerosas, células saudáveis; tudo é simplesmente obliterado. E é difícil – é difícil para o seu corpo; é difícil para você inteiro.”

Hunting explica de forma mais clara sobre o que foi a quimioterapia pra ele e como funciona a imunoterapia, tratamento que o baterista realiza atualmente:

“Então é aí que estou na jornada agora. Estou recebendo imunoterapia. Como eu disse, a quimioterapia é como uma bomba nuclear que mata tudo, e a imunoterapia é mais parecida com… Ela treina seu sistema imunológico para entrar e matar qualquer atividade nociva a nível celular. É muito parecido com alguns dos medicamentos para HIV que eles têm hoje em dia e é muito parecido com a vacina COVID. Diz ao seu sistema imunológico para sair e matar isso. Se for nocivo e estiver no seu corpo , treina seu sistema imunológico para matá-lo.”

Hunting reforçou os dizeres sobre estar de acordo com a ciência e estar vivo graças aos seus procedimentos. Esta grande experiência de luta levará Tom Hunting a conversar sobre o assunto com pessoas que passam por problemas semelhantes. Ele comentou assim:

“Não estou qualificado agora, mas acho que em mais alguns meses, eles me consideram qualificado para falar com outras pessoas sobre esta doença, e eu vou fazer isso. Porque eu quero que as pessoas saibam sobre isso e quero que as pessoas sejam encorajadas a tornar isso público – eu não faço mídia social, mas o que li (sites) sobre o Exodus foi, tipo, ‘Ei, eu também estou tendo problemas intestinais ‘e,’ vou fazer um check-out agora’. Espero que as pessoas obtenham as respostas que procuram.”

Ele comentou sobre o propósito do escopo definido:

“Não estou dizendo que aquelas drogas que eles dão para o seu intestino são ruins. Elas ajudam você. Mas se você está tendo o que pensa ser um problema intestinal, diga a eles que você quer ter o escopo definido. Porque algumas dessas varreduras e alguns desses testes, eles não pegam o que está acontecendo lá dentro.”

Hunting acrescentou ao assunto:

“Já que estou nessa jornada, cara, eles estão me examinando constantemente. Porque eles querem ver como estou reagindo ao que eles estão fazendo também. Então, tudo faz parte da ciência e da evolução da ciência. Se eles puderem me ajudar a viver – e eu amo minha vida – eu posso ajudar eles desenvolvem a ciência para ajudar o próximo lote de pessoas que você sabe que vão entender essa merda, é uma situação em que todos ganham.”

É muito gratificante ver a recuperação de Tom Hunting e ainda mais saber que o mesmo não só conseguiu retornar aos palcos como também ajudou o Exodus a lançar o excelente “Persona Non Grata”. Que esses próximos passos sejam de sucesso ainda maior e mais pessoas possam se sobressair da mesma forma.

O vídeo da entrevista pode ser conferido logo abaixo:


PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -