PUBLICIDADE

Dio: finalmente, autobiografia ganha data de lançamento e capa é revelada!

Já há bastante tempo, a autobiografia do ícone Ronnie James Dio, está para ser lançada, porém, com o Covid-19, os trabalhos acabaram atrasando um pouco pois algumas entrevistas importantes ainda precisavam acontecer para que tivéssemos todos os depoimentos inclusos e os responsáveis pela coleta destes depoimentos estavam impossibilitados de viajar. Agora, finalmente, parece que tudo está pronto e temos uma data de lançamento! “Rainbow In The Dark: The Autobiography”, será lançada no dia 27 de julho pela Permuted Press. A biografia estava sendo escrita por Dio, porém, seu falecimento em 2010 impossibilitou o término e, Wendy Dio, viúva do cantor e responsável legal pelos direitos de toda a sua obra, entregou todos os manuscritos do músico para o renomado Mick Wall, que passou a coletar depoimentos de diversos artistas que conviveram com Dio nos mais diferentes períodos de sua carreira.

Reprodução/Divulgação

Segundo Wendy: “Tudo o que Ronnie fazia, letras ou qualquer outra coisa, era sempre escrito à mão. Ele não fazia nada no computador. Então ele escrevia à mão e depois me entregava e então eu entregava para minha assistente, ela datilografava tudo. Então foi assim que foi e, claro, eu li ao longo do caminho e é muito, muito interessante. É simplesmente incrível como as histórias dele são interessantes. Ele era um contador de histórias. Ronnie sempre foi um contador de histórias e estas são apenas grandes histórias que ele escreveu sobre sua vida.” As poucas linhas que descrevem o livro já nos deixam bastante ansiosos pelo material: “Enquanto Ronnie contempla a realização de um sonho, ele reflete sobre os principais aspectos que se uniram neste momento – a gangue de amigos que possibilitou seu início na música, tocando em festas, bares, fraternidades e clubes; a transição repentina que o moveu para o microfone e mudou sua vida para sempre; a sorte que levou ao nascimento do RAINBOW e uma colaboração produtiva muito difícil com Ritchie Blackmore; o encontro casual que o tornou o segundo vocalista do BLACK SABBATH, levando-o a novos níveis de sucesso; a história surpreendentemente terna por trás do nascimento dos Devil Horns, o símbolo duradouro do heavy metal; o casamento dele com Wendy, que estabilizou sua vida, e a grande aposta que fizeram juntos para lançar o empreendimento de maior sucesso de sua carreira … sua própria banda, DIO.”

   

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Veja também

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PARCEIROspot_img

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
222SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações