PUBLICIDADE

Black Sabbath: “não era algo que eu queria fazer”, diz Glenn Hughes sobre passagem pela banda

O lendário vocalista/baixista Glenn Hughes fez uma aparição no episódio mais recenbte do podcast In The Trenches com Ryan Roxie e comentou sobre a sua passagem pelo Black Sabbath nos anos 80. Hughes disse o seguinte:

   

“Tony ia fazer um álbum solo em 1985. Eu, meu querido amigo Ronnie James Dio e Rob Halford estávamos todos pensando em cantar algumas músicas para este álbum. Fui o primeiro cara a ir ao Cherokee Studios em Hollywood para fazer algumas músicas com Tony. E eu escrevi e cantei algumas canções na primeira noite. E ele me pediu para voltar no dia seguinte, e continuou indo e indo, e acabei sendo o único cantor naquele álbum solo. Na última música, Don Arden, o pai de Sharon Osbourne, que comandava Tony na época, sugeriu com a Warner Brothers que deveríamos chamar o disco de Tony Iommi’s Black Sabbath’. Então não era mais um álbum do Tony Iommi, foi um álbum do Black Sabbath chamado ‘Seventh Star’. Foi uma época para mim em que eu estava mudando meu estilo de vida, se você quiser pensar assim. Portanto, foi um momento difícil para mim. Estar no Black Sabbath não era algo que eu queria fazer. Eu estava tentando ajudar Tony a fazer seu álbum solo. Mas eu gostei de trabalhar com ele. Eu fiz três álbuns com Tony agora que continuam sendo falados até hoje.”

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -