PUBLICIDADE

Behemoth: “99% dos discos de hoje soam robóticos”, dispara Nergal sobre atual cena do Metal

Em uma nova entrevista concedida ao site australiano Heavy Magazine, o líder do Behemoth, Nergal, emitiu um forte posicionamento à respeito da cena Metal da atualidade.

   

Para Nergal, o Metal está se tornando cada vez mais polido e isso não é o que ele gostaria de estar consumindo. O controverso músico ainda disse que tentou ao máximo gravar um álbum mais orgânico, se referindo ao último lançamento do Behemoth, o aclamado “Opvs Contra Natvram”.

Veja o que disse Nergal:

“Noventa e nove por cento dos discos de hoje soam robóticos. Cada maldito clique, cada bumbo, cada caixa, cada parte do disco é exatamente a mesma.

Toda banda hoje em dia, eu falo com muitas bandas, e toda banda, literalmente, seja ela banda de Heavy metal, Thrash, Death ou qualquer coisa, todos dizem, ‘oh, nós conseguimos aquele som orgânico’. E então eu ouço esses discos e fico pensando, ‘não há nada de orgânico neste disco’.

‘Orgânico’ é quando a música flutua, quando há dinâmica, quando sobe e desce… Hoje em dia você pode aperfeiçoar as coisas ao ponto de não conseguir ouvir porque a perfeição torna as coisas chatas, soa quase como imperfeito e isso é muito desinteressante. Ao vivo não é perfeito, é por isso que é tão excitante.

Então, por que fazer coisas que são tão polidas? Eu não entendo, especialmente no Metal extremo. Deveria ser estranho demais, deveria ser perigoso partir para esse lado. Onde está o fator perigo? Então, eu realmente queria trazer o fator perigo de volta à nossa música. Já esteve presente no passado, mas talvez este novo trabalho seja o nosso álbum onde este fator perigo está mais presente em todos os tempos.”

Apesar de presarmos por boas produções, não há como refutar Nergal neste quesito. Uma produção funcional é aquela que ouvinte consegue captar a essência da musicalidade da banda. O que temos visto ultimamente são inúmeras bandas soando como clones umas das outras. E muito disso se deve ao tipo de produção utilizada. Nem extremamente polida e nem relaxada ou vintage demais. As bandas de hoje precisam encontrar um equilibrio.

E você, o que pensa sobre o assunto?

Deixe sua opinião no espaço destinado aos comentários.

PUBLICIDADE

Comentários

  1. Também concordo em parte!!!! Determinadas bandas gravam o disco numa velocidade e no show é outra velocidade, mais lenta melhor dizer!!!! As vezes eu pego algum disco novo de tal banda e vejo que o som ali…dá a impressão que foi todo montado mesmo e tudo em seu tempo certo!!!! Sem contar a timbragem do som, parece que usam aqueles efeitos para melhorar a voz e dar um efeito eletrônico no instrumental!!!! Tecnologia demais é que vejo no som de hoje, pode melhorar ou não…vai depender do seu gosto musical e de quem ajudou a produzir o som!!!! Valeu!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -