PUBLICIDADE

Scorpions: trechos de “Wind of Change” onde a Russia é mencionada darão lugar a homenagens a Ucrânia

O vocalista Klaus Meine, do Scorpions, novamente se pronunciou sobre a decisão de mudar algumas palavras do hino “Wind of Change”, gravado no início da década de 90. A música foi escrita em 1989 e foi inspirada na visão de milhares de russos vibrando com um show do Scorpions quando eles se tornaram a primeira banda de hard rock a tocar na Rússia. O mesmo voltou a acontecer em 1989 no festival Moscow Music Peace Festival, mesmo sendo uma banda alemã.

   

Em 26 de março, Meine disse:

“Esta música é um chamado pela paz. e esta noite, eu acho que vamos cantá-la ainda mais alto. Dedicamos isso ao bravo povo da Ucrânia.”

Em nova entrevista ao canal TSN da Ucrânia, Klaus Meine explicou mais sobre a mudança da letra de “Wind of Change”:

“Estávamos preparando uma nova turnê. Desde o lançamento do nosso novo álbum em fevereiro, estávamos preparando um novo show, um novo set. Estávamos agendados para uma residência em Las Vegas. Achei que não era hora de romantizar a Rússia com letras como, ‘Siga o Moskva/ Abaixo para Gorky Park.’ E eu queria fazer uma declaração de que apoiamos a Ucrânia nesta situação muito difícil. Quando escrevi ‘Wind Of Change’, foi na época em que o SCORPIONS foi pela primeira vez à União Soviética em 88, quando fizemos 10 shows em Leningrado. Depois de todos esses anos vivendo à sombra do Muro de Berlim, convivendo com a Cortina de Ferro, para ver como temos a chance com a música de construir pontes e realmente nos unir. Então, fui muito inspirado por esse momento de esperança, esperando por um mundo mais pacífico e apenas nos unindo em um futuro pacífico. E essa música foi a expressão. agora tantos anos depois, acho que a música perdeu o significado de ser um hino de paz, de ser uma canção de esperança. então eu tive que mudar essas letras, como eu disse.”

Reprodução / Facebook

Klaus Meine explicou ainda mais sobre onde ele e seus companheiros de banda foram criados e como todo o contexto de guerra e pós guerra influenciou a banda desde sempre. Ele também contextualiza a queda do muro de Berlin e como esse acontecimento foi ligado a “Wind Of Change” na época:

“fomos criados A cem quilômetros do primeiro posto de controle, em Helmstedt (na cidade de Hannover). Então isso significa que quando nós éramos uma banda jovem, nos anos 70, quando tocamos em um show em Berlim Ocidental, o mundo quando nós crescemos como crianças nos anos 60, quando o Muro de Berlim foi construído e tantas pessoas perderam suas vidas e foram baleadas quando tentaram ir do Oriente ao Ocidente, apenas para viver em um mundo livre. Então foi assim que crescemos. E foi um momento muito, muito especial. E alguns meses depois, o Muro de Berlim caiu. E foi uma revolução pacífica, sem que um tiro fosse disparado, foi uma revolução pacífica.”

Reprodução / Facebook

PUBLICIDADE

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Veja também

PUBLICIDADE

Redes Sociais

30,849FãsCurtir
8,583SeguidoresSeguir
197SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
1,151InscritosInscrever

Últimas Publicações

- PUBLICIDADE -